• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Decisão do STJ » Itaú Unibanco: discussão de planos econômicos é "louca"

Agência Estado

Publicação: 22/05/2014 10:37 Atualização:

A retomada da discussão sobre planos econômicos 40 anos depois é uma "coisa louca", na visão do presidente do Itaú Unibanco, Roberto Setubal. "Basicamente o que fizemos é o que a lei exige que façamos. Não tivemos nenhuma vantagem. No fim do dia estamos sendo solicitados a pagar uma conta que não faz sentido", afirmou ele, durante evento em São Paulo, nesta quinta-feira (22).

Sobre a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que o cálculo de juros de mora deve ter início na citação da ação civil pública e não na citação da execução, Setubal disse que a determinação amplia o cálculo de perdas potenciais para os bancos com os planos econômicos.

Entretanto, lembrou da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que reduz a elegibilidade de pessoas que têm direito a receber o benefício. Trata-se de uma determinação anunciada na semana passada, na qual o Supremo determinou que somente poupadores associados às classes que entraram com a ação terão direito de receber a correção dos planos, caso a decisão do STF também seja favorável aos poupadores. "A decisão de ontem não foi na Suprema Corte, foi na anterior, mas é uma decisão final", avaliou Setubal.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.