• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Desaceleração » Alimentos in natura puxaram queda do IPA-10 em maio

Agência Estado

Publicação: 15/05/2014 11:32 Atualização:

A queda do Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) no âmbito do IGP-10 de maio em 0,22% ante uma alta de 1,42% em abril, bem como a desaceleração da inflação dos Bens Finais de 2,64% em abril para 0,42% em maio se deram, basicamente pela desaceleração dos preços dos alimentos in natura.

Os preços deste segmento desaceleraram de uma alta 15,79% em abril para 1,18% em maio. O Índice relativo aos Bens Finais (ex) que exclui os alimentos in natura e combustíveis registrou variação de 0,46%. Em abril, a taxa tinha sido de 1,19%.

Já o índice do grupo Bens Intermediários do IGP-10 encerrou o mês de maio mostrando uma variação negativa de -0,26%. No mês anterior, a taxa havia sido de 0,36%. Quatro dos cinco subgrupos apresentaram desaceleração, com destaque para materiais e componentes para a manufatura, cuja taxa de variação passou de 0 25% para -0,62%.

O índice de Bens Intermediários (ex), obtido após a exclusão do subgrupo combustíveis e lubrificantes para a produção, registrou variação de -0,28%. No mês anterior, foi registrada variação de 0,35%.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.