• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Consumidor » Apple Brasil inicia programa para substituir botão liga/desliga com falha de fábrica do iPhone 5

Correio Braziliense

Publicação: 29/04/2014 09:35 Atualização:

A Apple se comprometeu a trocar gratuitamente botões de liga/desliga defeituosos desde a fábrica do iPhone 5. Sem informar qual o percentual de aparelhos afetados, a fabricante americana apenas anunciou na última sexta-feira um recall de modelos fabricados até março de 2013 e que podem carregar a falha. O defeito faz com que a peça funcione de forma intermitente ou pare em definitivo.

Para identificar quais equipamentos podem ser consertados, o site da Apple abriu um canal no qual o consumidor insere o número de série para saber se ele está listado em algum dos lotes comprometidos. O processo de substituição dos smartphones estará disponível para o Brasil a partir da próxima sexta-feira e será efetivado pela Central de Reparos da companhia. A devolução será feita via Correios. A Apple sublinhou que o programa de troca não amplia a garantia original do produto e sugere que o usuário não peça o serviço para aparelho sem defeito ou fora da lista do recall.

O conserto, avisou a Apple Brasil, levará de quatro a seis dias, a contar do recebimento do iPhone pelo núcleo competente. Para efetivá-lo, será preciso encaminhar o aparelho a uma assistência técnica autorizada ou fazer a remessa diretamente. Neste último caso, é preciso também telefonar para o fabricante e solicitar uma caixa com postagem paga. Esse programa gratuito de auxílio aos usuários que possam ter verificado problemas com o botão começou a atender primeiramente o público dos Estados Unidos e o restante no começo de maio.

Antes de providenciar o reparo, a empresa aconselha o proprietário a fazer uma cópia dos dados armazenados no aparelho, além de desativar o recurso Buscar iPhone e de apagar todo o conteúdo e ajustes. Também é recomendado se tirar película de proteção ou capa que estiver sendo usada. Além do número de série, para fazer a solicitação, a empresa exige que o aparelho esteja funcionando perfeitamente e tenha sido comprado em até dois anos.

Samsung

A fabricante concorrente Samsung também divulgou que o seu Galaxy S5 tem apresentado problemas graves para usuários nos EUA. O principal modelo da linha Android apresenta erro ao abrir o aplicativo da câmera, que fica impedido de fotografar ou fazer vídeos, obrigando a  uma reinicialização. Uma porta-voz da empresa se recusou ontem a especificar o número de telefones afetados, mas disse que o problema foi identificado nos EUA e em outros países. O aparelho chegou ao Brasil no último dia 12 por R$ 2.599.

A Samsung ressaltou que o total de Galaxy S5 fabricados com câmeras defeituosas é “muito limitado” e tomou todas as medidas necessárias para evitar que o problema se repita nos novos lotes. Sem conhecer a razão do defeito, até agora o único jeito é substituir imediatamente o aparelho. Segundo relatos dos donos dos smartphones, ao abrir o aplicativo, o sistema apresenta a mensagem “Aviso: a câmera falhou” e trava.

Esse dispositivo do Galaxy S5 foi justamente o mais destacado pela marca sul-coreana no lançamento. Além de ter tido a resolução elevada de 13 para 16 megapixels, a nova máquina fotográfica tem tecnologia Isocell e função HDR.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.