• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Semana Santa » Procon-PE encontra diferenças de preços de até 146,78% nos preços de pescados

Diario de Pernambuco - Diários Associados

Publicação: 16/04/2014 10:08 Atualização: 16/04/2014 21:03

Você já comprou o pescado que vai consumir durante a Páscoa? Se ainda não desembolsou um centavo pelos produtos que mais gosta e consome no período é bom ficar atento. Os preços dos insumos estão elevados e uma prova disso é uma pesquisa realizada pelo Procon-PE e divulgada nesta quarta-feira (16). Segundo o estudo, há diferenças de até 146,78% no valor dos pescados e 179,60% nos produtos de mercearia.

O levantamento foi feito entre os dias 9 e 15 deste mês e revelou diferenças significativas de preços. Ao todo, o órgão avaliou os valores de 33 tipos de pescados e produtos como azeite, leite de coco e vinho. A análise foi realizada em 15 estabelecimentos varejistas da Região Metropolitana do Recife (RMR), entre mercados públicos, privados e hipermercados.

Um dos produtos mais consumidos durante a Páscoa, a sardinha, foi um dos destaques da pesquisa do Procon-PE. Na análise, o órgão encontrou o quilo do produto sendo vendido entre R$ 4,98 (menor preço) e R$ 10,98 (maior preço), uma diferença de 120,48%.

Outra mercadoria bastante consumida neste período, o leite de coco, apresentou um dos percentuais mais elevados de diferença de preços. De acordo com o Procon-PE, o produto de 500 ml foi encontrado com preços entre R$ 6,99 (maior preço) e R$ 2,50 (menor preço), uma diferença de 179,60%.

Em relação ao resultado da pesquisa, o Procon-PE alerta os consumidores sobre a necessidade de pesquisar bastante os preços dos produtos antes de realizar as compras de Páscoa. O órgão de defesa do consumidor lembra, ainda, dos cuidados ao realizar as compras.

“A população deve ficar atenta às informações contidas na embalagem do produto, como o prazo de validade, composição e peso para não ser lesada. Além disso, deve observar a aparência de produtos perecíveis para não comprar mercadorias estragadas, causando risco à saúde”, reforça José Rangel, coordenador geral do Procon-PE. A pesquisa completa está disponível no site do Procon-PE.

Confira algumas diferenças

Produto: Leite de coco 500 ml
Maior Preço: R$ 6,99
Menor Preço: R$ 2,50
Diferença: 179,60%

Produto: Tainha inteira kg
Maior Preço: R$ 17,99
Menor Preço: R$ 7,29
Diferença: 146,78%

Produto: Azeite 500 ml
Maior Preço: R$ 11,99
Menor Preço: R$ 4,95
Diferença: 142,22%

Produto: Azeite Andorinha 200 ml
Maior Preço: R$ 14,49
Menor Preço: R$ 6,06
Diferença: 139,11%

Produto: Posta de Piramutaba kg
Maior Preço: R$ 25,00
Menor Preço: R$ 10,60
Diferença: 135,85%

Produto: Serra inteira kg
Maior Preço: R$ 19,90
Menor Preço: R$ 8,99
Diferença: 121,36%

Produto: Sardinha kg
Maior Preço: R$ 10,98
Menor Preço: R$ 4,98
Diferença: 120,48%

Produto: Marisco kg
Maior Preço: R$ 25,89
Menor Preço: R$ 12,00
Diferença: 115,75%

Com informações do Procon-PE

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.