• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Vigilância » Supermercados Kennedy e Leão, no Cordeiro, são interditados após vistoria

Diario de Pernambuco - Diários Associados

Publicação: 15/04/2014 08:50 Atualização: 15/04/2014 11:08


As irregularidades mais graves foram encontradas no supermercado Kennedy. O estabelecimento foi totalmente interditado por cinco dias. Foto: Augusto Freitas/DP/D.A Press  (As irregularidades mais graves foram encontradas no supermercado Kennedy. O estabelecimento foi totalmente interditado por cinco dias. Foto: Augusto Freitas/DP/D.A Press )
As irregularidades mais graves foram encontradas no supermercado Kennedy. O estabelecimento foi totalmente interditado por cinco dias. Foto: Augusto Freitas/DP/D.A Press
Os supermercados Kennedy e Leão, localizados no bairro do Cordeiro, zona oeste, foram interditados na manhã desta terça-feira (15). Os estabelecimentos foram alvo de uma inspeção realizada pela Vigilância Sanitária do Recife, em conjunto com Procon de Pernambuco, Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Instituto de Pesos e Medidas (Ipem-PE) e Delegacia do Consumidor.

As irregularidades mais graves foram encontradas no supermercado Kennedy. Tanto que o estabelecimento foi totalmente interditado pelos próximos cinco dias. Lá, os órgãos de inspeção encontraram lotes de carne de frango e porco estragadas e alimentos acondicionados de forma inadequada, com a temperatira acima do indicado, o que compromete a conservação do produto. Foram encontrados também vestígios de fezes de ratos entre os alimentos, além de carnes em estado de decomposição prestes a serem comercializadas. De acordo com a inspeção, a água que era consumida pelos funcionários do supermercado não era tratada.

Cerca de 500kg de alimentos impróprios para o consumo foram apreendidos no Kennedy. Foto: Augusto Freitas/DP/D.A Press (Cerca de 500kg de alimentos impróprios para o consumo foram apreendidos no Kennedy. Foto: Augusto Freitas/DP/D.A Press)
Cerca de 500kg de alimentos impróprios para o consumo foram apreendidos no Kennedy. Foto: Augusto Freitas/DP/D.A Press
A inspetora da Vigilância Sanitária, Leila Vânia, explicou que a visita ao estabelecimento é uma blitz de rotina. O Kennedy já havia sido alvo de outra fiscalização, durante o carnaval, na qual foram encontrados alimentos com prazos de validade vencidos e adulterados, pizzas, carnes e queijos desbongelados, charque sem registro da Adagro, entre outras irregularidades.

De acordo com os fiscais, os funcionários ainda tentaram burlar alguns problemas ao perceberem a chegada da equipe. Nas primeiras horas de atividade já foram encontradas baratas nas gôndolas de verduras e a mistura de alimentos como carnes, queijos e iogurte na câmera fria, quando o indicado é o armazenamento em separado.

No caso do Leão, a interdição aconteceu apenas no setor de frios. Os técnicos ainda estão no local.

Mais detalhes em instantes


Com informações do repórter Augusto Freitas

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.