• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Polêmica » Sindicato diz que decisão de adiar pesquisa fere autonomia técnica do IBGE

Agência O Globo

Publicação: 11/04/2014 17:16 Atualização:

A diretora do ASSIBGE (Sindicato Nacional dos Trabalhadores em Fundações Públicas Federais de Geografia e Estatística), Susana Drummond, afirmou nesta sexta-feira que a decisão de adiar a nova Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílios (Pnad) trimestral fere a autonomia do IBGE e é uma ingerência do governo.

"Não houve consulta nenhuma ao corpo técnico. A suspensão coloca em xeque a autonomia técnica do IBGE e é uma ingerência do governo. A Pnad contínua é o principal projeto do IBGE", disse.

A situação acende um alerta, segundo Susana, que lembrou a interferência política sofrida pelo Indec (o IBGE argentino) com a presidente Cristina Kirchner.

"A gente sabe que o instituto de pesquisas da Argentina sofreu intervenção, que a Cristina Kirchner demitiu a diretora e deixou o pessoal técnico afastado. É uma situação muito grave."

Para Susana, a nova lei que estabelece que a renda domiciliar per capita seja considerada no cálculo do fundo de participação dos estados não especifica que a Pnad seja a pesquisa utilizada. Ela sugere, por exemplo, que seja avaliado o uso da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF).

A expectativa da diretora do Sindicato é que a decisão de adiar o cronograma da Pnad contínua seja revista.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.