• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Lançamento » Terceiro navio construído em Pernambuco ganha os mares nesta segunda-feira

Rochelli Dantas - Diario de Pernambuco

Thatiana Pimentel

Publicação: 10/04/2014 15:32 Atualização: 10/04/2014 16:02

Petroleiro Dragão do Mar será entregue à Transpetro pelo Estaleiro Atlântico Sul na próxima quarta (BLENDA SOUTO MAIOR/DP/D.A PRESS )
Petroleiro Dragão do Mar será entregue à Transpetro pelo Estaleiro Atlântico Sul na próxima quarta
O Dragão do Mar – terceiro navio construído pelo Estaleiro Atlântico Sul (EAS) – será entregue à Transpetro, braço logístico da Petrobras, na próxima segunda-feira (14). O lançamento chegou a ser adiado, extraoficialmente, pela Transpetro para a quarta-feira (16). Mas o cerimonial da presidente Dilma Rousseff, que virá para a entrega do navio, confirmou nesta quinta (10) a data inicial. Essa é a terceira embarcação do tipo construída em Pernambuco. Os dois primeiros foram o João Cândido (maio/2012) e o Zumbi dos Palmares (maio/2013).

Assim como os outros dois petroleiros, o Dragão do Mar é do tipo suezmax. Isso significa que ele possui mais de 274 metros de comprimento e boca modelada (largura) de 48 metros. Além disso, o petroleiro possui porte bruto de 157,7 mil toneladas e capacidade para transportar um milhão de barris, o que representa mais de 45% da produção diária de petróleo no país.

Ao todo, a Transpetro encomendou dez navios do tipo suezmax ao EAS. O próximo na lista de entregas é o Henrique Dias, que aguarda a saída do Dragão do Mar para entrar na fase final de testes. Em breve, este navio deve ser lançado ao mar (fase onde são identificados possíveis problemas e realizados os ajustes necessários). A previsão é de que a entrega seja realizada no segundo semestre deste ano.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.