• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Energia » Aneel reduz de R$ 5,6 bilhões para R$ 1,6 bilhão o déficit estimado da CDE

Agência O Globo

Publicação: 07/04/2014 16:24 Atualização:

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que caiu de R$ 5,6 bilhões para R$ 1,6 bilhão o valor que os consumidores brasileiros terão que pagar para cobrir o déficit estimado da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) em 2014. A agência não disse, no entanto, o impacto desse repasse para a tarifa de energia.

O valor anterior, de R$ 5,6 bilhões, havia sido divulgado em fevereiro, quando a agência aprovou a discussão do orçamento de 2014 da CDE. A previsão era de um aumento de 4,6%, na média, nas tarifas do setor elétrico este ano para bancar o déficit estimado inicialmente. A proposta ficou em audiência pública durante um mês, o que levou à revisão dos valores. O diretor-geral da Aneel, Romeu Rufino, explicou que houve uma revisão, sobretudo, da previsão de receitas da CDE. "Não houve alteração significativa no conjunto de gastos. Apenas as fontes foram alteradas", disse o diretor-geral. "A gente continua analisando o aspecto da compensação", acrescentou.

A CDE banca ações do governo federal no setor elétrico. Entre os objetivos estão o custeio dos descontos nas tarifas, o subsídio de tarifas de energia dos consumidores de baixa renda e a universalização do fornecimento de energia por meio do Programa Luz para Todos. Além disso, o fundo é utilizado para compensar as distribuidoras pelo uso de energia térmica, que é mais cara que a hidrelétrica.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.