• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Sem paralisação » Vigilantes aceitam acordo e evitam greve

Diario de Pernambuco - Diários Associados

Publicação: 07/04/2014 12:02 Atualização: 07/04/2014 15:30

Uma assembleia realizada pelo Sindicato dos Empregados em Empresa de Vigilância no Estado de Pernambuco (Sindesv-PE), na noite da última sexta-feira (4), na sede da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Pernambuco (SRTE-PE), aceitou um reajuste salarial de 8,5% negociado com o sindicato dos patrões e pôs fim a greve anunciada para esta segunda-feira (7). Com isso, o abastecimento dos caixas-eletrônicos e agências bancárias está normalizado.

Além de aceitarem o percentual proposto pelos patrões, o Sindesv-PE informou que também aceitou o valor de R$ 16 para o tíquete-alimentação (a categoria reivindicava a quantia de R$ 20 para o benefício). Inicialmente, os patrões haviam estipulado um índice de aumento no salário de 7,5%, proposta que foi recusada pelos trabalhadores. A greve seria decretada hoje e comprometeria o abastecimento de dinheiro nos terminais de saque em bancos e outros estabelecimentos.
 
No início do movimento, na última semana, o sindicato havia informado que entre 1,2 mil e 1,5 mil vigilantes empregados nas empresas de segurança privada de valores Brink's, Corpvs, Preserve e Prosegur tinham aderido ao movimento pela melhoria nas condições de trabalho e campanha salarial com o reajuste proposto. Na semana retrasada, 90% dos trabalhadores da categoria já haviam feito uma paralisação de advertência e houve desabastecimento dos caixas eletrônicos bancários no domingo e na segunda-feira (31).

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.