• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Procon » Agência da Caixa de Jaboatão é interditada

Thatiana Pimentel

Publicação: 01/04/2014 19:03 Atualização: 01/04/2014 21:35

Mais uma agência bancária foi interditada por 48 horas em Jaboatão dos Guararapes. Dessa vez, quem "caiu" na fiscalização do Procon municipal foi a Caixa Econômica da rua Joaquim Tenório, no bairro de Cavaleiro. O banco descumpriu três artigos da lei 395/2010, conhecida como "lei das filas".

A primeira irregularidade registrada foi no tempo de atendimento, que excedeu mais de uma hora quando o máximo permitido é de 15 minutos a partir da retirada da senha eletrônica. A segunda foi que a própria máquina de senhas de atendimento estava quebrada há mais de 48 horas e a terceira diz respeito a falta de banheiros para os clientes do banco.

"Só havia um banheiro e tinha uma placa que era exclusiva para funcionários", explica Deborá Albuquerque, secretária executiva de Defesa do Consumidor de Jaboatão. Segundo ela, como já era reincidente, o banco levou uma multa de R$ 40 mil e só poderá reabrir após o conserto da máquina de senhas de atendimento. "O que percebemos é um desrespeito absoluto pelos consumidores", completa Albuquerque.

A operação, conhecida como "Jaboatão sem Fila" já fiscalizou dez agências desde o início de março. "Iremos fiscarlizar nos próximos dias todas as outras 16 unidades bancárias neste município", ressalta a secretária. Participam da ação oito fiscais entre advogados, técnicos e funcionários da prefeitura de Jaboatão. A assessoria de imprensa do Bradesco informou que o banco não irá se pronunciar sobre o assunto.

A Caixa Econômica Federal informou em nota oficial que está providenciando a regularização das ocorrências apontadas no Relatório do Procon, em conformidade com a legislação.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.