• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Comércio exterior » Diretor-geral da OMC diz que subsídios terão de ser negociados na Rodada de Doha

Agência O Globo

Publicação: 28/03/2014 13:58 Atualização:

O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, disse nesta sexta-feira (28) que os acordos comerciais que estão sendo negociados no mundo, paralelamente à Rodada de Doha, não deverão conter cláusulas ou artigos envolvendo regras antidumping, direitos compensatórios e subsídios domésticos e às exportações agrícolas. Esses temas terão de ser discutidos no âmbito multilateral.

"[Os acordos em negociação] não são iniciativas mutuamente excludentes. Elas se complementam. Há vários temas em que as negociações bilaterais não vão dar resultado, mas isso não se aplica a regras comerciais", afirmou.

As negociações entre Mercosul e União Europeia são exemplos de acordos em gestação. Além de tratados regionais, também está em curso a discussão de uma série de tratados bilaterais, ou seja, país com país.

Já a negociação em torno da Rodada de Doha, cujo fim é um amplo acordo de liberalização do comércio internacional, continua em Genebra, na Suíça, sede da OMC. No entanto, segundo o diplomata brasileiro, que assumiu no fim do ano passado a direção do organismo, não há um cronograma agendado depois da última reunião ministerial de Bali, no fim de 2013.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.