• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

PED » Desemprego aumenta para 12,2% em fevereiro na RMR

Rosa Falcão

Publicação: 26/03/2014 12:57 Atualização: 26/03/2014 18:05

Somente na construção civil houve o corte de 6 mil vagas no mês passado, segundo a pesquisa. Foto: Daniel Alves/CB/D.A Press
Somente na construção civil houve o corte de 6 mil vagas no mês passado, segundo a pesquisa. Foto: Daniel Alves/CB/D.A Press
A taxa de desemprego aumentou de 11,3% em janeiro para 12,2% em fevereiro na Região Metropolitana do Recife (RMR). Os dados são da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), divulgada nesta quarta-feira (26) pelo Dieese em parceria com a Agência Condepe/Fidem.

Com exceção  da indústria de transformação, a ocupação encolheu nos demais setores econômicos. Foram eliminados 6 mil postos de trabalho no mês, ampliando em 18 mil o contingente de 229 mil desocupados. O encolhimento do mercado de trabalho se repetiu no conjunto das seis áreas metropolitanas, com o corte de 119 mil vagas.

Em fevereiro, o nível de ocupação na RMR decresceu 0,4%. O contingente de ocupados foi estimado em 1,6 milhão de pessoas. A indústria se destaca com a oferta de 6 mil postos de trabalho no mês e de 5 mil ocupações em doze meses (fev-13/fev-14). Na construção civil, houve o corte de 6 mil vagas. O comércio e reparação de veículos automotores demitiu 3 mil trabalhadores. O setor de serviços também eliminou 4 mil ocupações em fevereiro.

No conjunto das seis áreas metropolitanas (Recife, Salvador, Fortaleza, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre) da PED, a indústria de transformação cortou 21 mil postos de trabalho entre janeiro e fevereiro. A construção civil demitiu 17 mil empregados e o setor de serviços dispensou 96 mil trabalhadores. Enquanto o comércio reagiu e criou 4 mil ocupações no mês.

O coordenador geral da PED na RMR, Jairo Santiago, considera o aumento do desemprego em fevereiro típico para o período. Ele destaca como positivo o aumento da renda média real (descontada a inflação) dos ocupados no Recife. O rendimento médio na RMR cresceu 0,8% entre dezembro de 2013 e janeiro de 2014, passando de R$ 1.198 para R$ 1.207. No período de um ano o ganho salarial foi maior, de 2,6%.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.