• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Interação » Rede Fab Lab quer saber as necessidades dos empreendedores pernambucanos

Publicação: 21/03/2014 20:34 Atualização: 21/03/2014 20:53

Empresários pernambucanos e empreendedores ligados à economia criativa podem participar da escolha das ferramentas, matérias-primas e softwares do primeiro laboratório de fabricação (Fab Lab), centro de pesquisa e produção compartilhado de Pernambuco. Desde sua abertura, alguns equipamentos já farão parte do que está sendo chamado de “kit básico Fab Lab”, como impressora 3D, cortadora a laser, cortadora de vinil, fresadora (CNC), componentes eletrônicos, entre outros. Mas também é fundamental identificar que outras máquinas serão necessárias para atender à demanda do Recife. Por exemplo, já foi identificado que, por conta da demanda do mercado local, será importante que o Fab Lab Recife também tenha uma máquina de costura industrial para servir aos empreendedores de moda.

A pergunta da pesquisa que o Fab Lab lança nesse momento é: que máquina, componente eletrônico, matéria-prima ou software você sempre quis ter acesso e não teve a oportunidade? Quem sabe o Fab Lab não consegue incluir seu desejo desde o início do seu funcionamento? Para participar, é preciso responder o questionário encontrado aqui.

Tendência mundial, o conceito Fab Lab possibilita não só o acesso à fabricação digital, mas o compartilhamento de ideias entre grupos. É assim que a rede tem se espalhado e permitido a construção de protótipos e objetos em diversas áreas como moda, arquitetura, design, robótica e audiovisual. Vinculada à Associação Fab Lab Brasil e o MIT, a versão recifense, que será a quarta no Brasil, conta com o apoio local da Prefeitura da Cidade do Recife e do C.E.S.A.R. No país, estão em funcionamento o Garagem (SP), USP (SP) e Floripa (SC).

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.