• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

São Francisco » Transposição avança, chega a 55,5% e governo federal aumenta a promessa

André Clemente - Diario de Pernambuco

Publicação: 12/03/2014 16:12 Atualização: 12/03/2014 17:15

 (Annaclarice Almeida/DP/D.A Press)

A obra da Transposição do Rio São Francisco avançou 4% em engenharia civil nos últimos dois meses e meio. O avanço, somente em 2014, representa metade do que a obra conseguiu evoluir em todo o ano passado (8,2%) e quase o total de 2011 (5%). Em 2012, o ministério da Integração Nacional sequer apresentou balanço. O projeto chega agora a 55,5% concluídos e a mobilização de quase 10 mil trabalhadores na obra faz o ministro da pasta, Francisco Teixeira, prometer entregar 75% da parte civil até dezembro deste. "Sobrariam 25% para 2015", resumiu Teixeira.

A declaração foi feita durante audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado. A expectativa da pasta é finalizar todo o empreendimento até dezembro do próximo ano. Na ocasião, Francisco Teixeira adiantou que, ainda neste mês, o conjunto de bombas hídricas começa a ser montado em uma das principais estações de bombeamento e captação de água, localizada no Eixo Norte, em Cabrobó.

As estações de bombeamento Vertical (EBVs) são consideradas obras complexas de engenharia dentro do projeto. Serão nove integradas nos mais de 470 quilômetros de canais, sendo seis no Eixo Leste e três no Eixo Norte. As EBVs são construídas em pontos estratégicos do empreendimento em que a água não consegue seguir nos canais com a força da gravidade. Em alguns blocos, elas serão responsáveis por elevar a água a 313 metros acima do nível do Rio São Francisco, altura equivalente a um edifício de 104 andares. O ministro justificou a capacidade de investimento do governo federal em 2014 como essencial para avançar com a Transposição. Foram R$ 133 milhões no total.

A obra da Transposição do Rio São Francisco promete trazer a segurança hídrica do semiárido nordestino. Os R$ 8,2 bilhões do custo da obra devem atender 12 milhões de habitantes de 390 municípios do Agreste e do Sertão dos estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte.

Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.