• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Mercado imobiliário » Salão da Ademi-PE deverá ter a participação de até 30 construtoras

Augusto Freitas

Publicação: 06/03/2014 15:01 Atualização:

Passado o carnaval, é hora de reorganizar as finanças e retomar os projetos financeiros traçados para 2014. Um deles, aliás, está sempre em mente: o sonho da casa própria. A primeira oportunidade deste ano para os pernambucanos está bem próxima. É o Salão Imobiliário da Ademi-PE, que acontecerá em sua sétima edição e promete repetir o sucesso dos anos anteriores. O evento já tem data marcada: de 26 a 30 deste mês.

Os detalhes e novidades do feirão, de acordo com a assessoria de comunicação da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Pernambuco (Ademi-PE), só serão apresentados durante a coletiva de imprensa do Salão, marcada para a próxima terça-feira (11), às 15h, na sede do órgão. O Salão da Ademi-PE, no entanto, deve ocorrer no pavilhão do Centro de Convenções de Pernambuco com a participação de aproximadamente 30 construtoras e incorporadoras consolidadas no mercado imobiliário pernambucano.

Em 2013, a sexta edição do Salão contou com 32 construtoras e ofereceu cerca de 4 mil imóveis, atraindo um público estimado em 15 mil pessoas. Segundo a Ademi-PE, a edição passada superou os R$ 160 milhões em negócios, através de produtos com preços que variaram entre R$ 80 mil, por conta do programa Minha Casa, Minha Vida, a R$ 4 milhões. Ao todo, 540 unidades vendidas cujo preço médio por imóvel foi R$ 296 mil. Uma das características do Salão é justamente a diversidade de produtos, com imóveis de áreas variadas, na planta, em construção e prontos para morar em várias localidades do Grande Recife e interior do estado.

O Salão é tradicionalmente realizado no início do ano e abre oficialmente o calendário do mercado imobiliário do estado. A associação destaca a importância para os consumidores por que é a grande oportunidade de adquirir a casa própria. Quem pretende sair do evento com o sonho realizado vai contar com a ajuda da Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil, que terão estandes no evento para a avaliação de documentos, análise de rendimentos e emissão de cartas de crédito. Além disso, o Salão também terá cartórios a serviço dos compradores.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.