• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Varejo » Calor excessivo adia a chegada dos ovos de Páscoa

Publicação: 06/03/2014 07:51 Atualização: 06/03/2014 10:38

Foto: Gilson Teixeira/OIMP/D.A Press/Arquivo
Foto: Gilson Teixeira/OIMP/D.A Press/Arquivo
Mal terminava o carnaval e as parreiras dos ovos de Páscoa já começavam a ser montadas na quarta-feira de cinzas pelos supermercados para estimular a compra do chocolate. Neste ano, no entanto, o consumidor terá que esperar mais um pouco para ver a ambientação em algumas lojas, processo que pode demorar até o final da quinzena. As altas temperaturas são uma das razões para o adiamento, evitando a perda de mercadoria. Apenas os ovos de menor tamanho é que já estão sendo expostos nas gôndolas. A expectativa é que as vendas do produto cresçam até 20% na comparação com o ano passado.

As vendas da Páscoa se consolidam como a segunda maior sazonalidade do varejo alimentar no Brasil, só perdendo para as festas de final de ano, com a celebração do do Natal e ano-novo. Os primeiros ovos de chocolate começaram a chegar nas lojas Bompreço, Hiper e TodoDia na semana que antecedeu o carnaval, uma antecipação de uma semana em relação ao ano passado. A montagem das parreiras, no entanto, ficou para o final da quinzena para não haver quebra dos ovos. Os produtos que já estão à venda são os ovos da marca própria da rede, de pequena gramatura 70g (R$ 3,98 ) e 35g (R$ 2,28).

Isso porque nesse período chamado pelo varejo de pré-Páscoa são os ovos menores (até número 9 ou que custam menos de R$ 10), geralmente de apelo infantil, os mais vendidos. Ao contrário dos que são comercializados mais próximo da Páscoa, com o objetivo de presentear, esses ovinhos são para consumo imediato, atendendo a um pedido da criançada.

De acordo com o Walmart, a partir da segunda quinzena desse mês é que a venda de ovos maiores, que custam mais de R$ 20, passa a ganhar força. Por esta razão, a montagem das parreiras nas lojas RM Express também vai demorar um pouco mais. %u201CHá uma expectativa de começar na quarta-feira da próxima semana, quando as principais indústrias começam a entregar nas lojas os produtos em maior quantidade%u201D, conta o gerente geral da rede RM Express, Eliezer Viana.

Para o Walmart, a expectativa é que as vendas de ovos de Páscoa sejam 10% maiores que as registradas no ano passado. Mas há varejistas mais otimistas como a RM Express, que aguardam um incremento de até 20%. %u201CEsperamos uma procura pelos ovos de maior valor agregado%u201D, comenta Viana.

Entre as novidades para esta Páscoa está um ovo em formato de troféu da Copa do Mundo da Fifa 2014, fabricado pela Garoto. O produto chega nas próximas semanas às lojas, à venda por R$ 50 em média, e promete estar entre os mais vendidos do período, de acordo com os supermercados.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.