• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Notas » Cerca de 2,5 mil restaurantes e lanchonetes do país adotarão ranking de qualidade

Agência O Globo

Publicação: 28/02/2014 17:31 Atualização:

De maio a agosto, 2,5 mil bares, lanchonetes e restaurantes de 34 cidades do país exibirão em suas portas as letras A, B ou C, que indicarão sua classificação quanto ao cuidado e à limpeza do local. A proposta, aprovada nesta semana pela Agência Nacional de Vigilância Santitária (Anvisa), se baseia em experiência semelhante em Los Angeles, Nova York e Londres, estabelecendo critérios para categorizar os serviços de alimentação no país. Durante a Copa do Mundo, o modelo será implementado nas 12 cidades que sediarão os jogos e em municípios interessados.

Os critérios de seleção dos estabelecimentos foram definidos localmente. Segundo o relator da proposta, Jaime Oliveira, algumas cidades escolheram estabelecimentos que servem pratos regionais, outras optaram por critério geográfico, como localização perto de shopping ou de metrô.

“Com a Categorização dos Serviços de Alimentação, estes locais são classificados com base em critérios que avaliam os aspectos higiênico-sanitários de maior impacto para a saúde dos consumidores”, destacou o diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Barbano, em nota.

Os estabelecimentos que participam do projeto já passaram pelo primeiro ciclo de inspeção, que terminou em janeiro. O ciclo final foi iniciado e determinará a nota definitiva, que será divulgada a partir de maio. No projeto piloto, os estabelecimentos serão categorizados apenas uma vez e a nota final ficará disponível de maio a agosto.

Após 31 de agosto, o projeto será avaliado e um relatório final sobre a experiência deve ser divulgado em março de 2015. Segundo a Anvisa, será o momento para avaliar o método, suas potencialidades e desafios, o desempenho e o impacto no setor de serviços de alimentação e, principalmente, a percepção do consumidor, dos estabelecimentos e das vigilâncias sanitárias municipais. Essas respostas é que definirão o futuro da categorização de bares e restaurantes.

As categorias:

A. Melhor classificação. Poucas falhas e de menor importância. Cumprimento de itens classificatórios, como presença de supervisor qualificado.

B. Locais com mais falhas, em geral, de baixo ou médio impacto.

C. Pior desempenho, mais falhas,até mesmo de alto impacto.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.