Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Ações » Mercado espera queda no lucro da Petrobras

Agência O Globo

Publicação: 25/02/2014 16:35 Atualização:

As atenções do mercado estão voltadas nesta terça-feira (25) para a Petrobras, que divulga seu resultado após o fechamento do mercado. A expectativa dos analistas é que o lucro líquido da empresa fique em R$ 5 bilhões no quarto trimestre, uma queda de até 35% em relação ao mesmo trimestre do ano passado, quando o lucro foi de R$ 7,7 bilhões. Os papéis preferenciais (sem direito a voto) caem 2,48% a R$ 14,14, enquanto as ações ordinárias (com direito a voto) recuam 2,41% a R$ 13,31.

Nesta segunda-feira as ações da petrolífera subiram com rumores de um novo reajuste de combustíveis. O Ministro da Fazenda, Guido Mantega, reuniu-se com 12 economistas em São Paulo, mas não deu garantias de isso vá de fato acontecer.

"Um anúncio de um reajuste seria interessante, já que os números da Petrobras devem ser ruins no quarto trimestre. Mesmo assim, há cautela sobre esta possibilidade, já que há muitos fatores de pressão inflacionária, como a seca e até mesmo a Copa do Mundo, que o governo terá que enfrentar este ano", avalia o analista João Pedro Brugger, da Leme Investimentos.

Os analistas do banco Itaú BBA esperam um lucro líquido de cerca de R$ 5 bilhões no quarto trimestre. Segundo eles, as vendas de combustíveis, sazonalmente mais baixas no trimestre, devem resultar em despesas menores com importação pela Petrobras, aponta o Itaú BBA.

"Os custos operacionais e as despesas com vendas gerais e administrativas, porém, devem aumentar, como geralmente ocorre no último trimestre", afirma o banco em relatório.

O Itaú observa que "pode acontecer também uma redução nos custos com poços secos, já que o número do terceiro trimestre foi muito elevado", diz o relatório.

Para a receita, o mercado espera um crescimento de 7,2%, na comparação anual, para R$ 78,73 bilhões, ante uma receita de R$ 73,405 bilhões do quarto trimestre do ano anterior.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da companhia deve ter somado R$ 15,14 bilhões no quarto trimestre do ano passado, o que representaria um crescimento de 26,7% na comparação com o ebitda do quarto trimestre de 2012, que foi de R$ 11,944 bilhões, e uma alta de 15,62% em relação ao terceiro trimestre de 2013.

O banco JP Morgan tem uma estimativa de lucro maior para a companhia, de R$ 7,7 bilhões. Segundo relatório do banco, o resultado do trimestre deve ser impactado positivamente pela continuação dos desinvestimentos em ativos e também pelos ajustes na metodologia dos preços da gasolina e diesel, aprovados em dezembro do ano passado. Com a mudança, a diferença entre os preços aplicados no Brasil e no exterior foi reduzida, o que deve beneficiar a estatal brasileira.

Já o banco Morgan Stanley aponta crescimento de 1,1% na produção na comparação trimestral, com a entrada em operação de duas novas plataformas durante o quarto trimestre do ano passado.

O mercado também aguarda o anúncio de pagamento de dividendos e espera quea Petrobras retome a remuneração diferenciada para papéis ordinários e preferenciais.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »