• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Instituto Rio Branco » Inscrições abertas para concurso de diplomatas; salário de até R$ 14,2 mil

CorreioWeb

Publicação: 21/02/2014 11:46 Atualização:

Com menos de um ano do lançamento do último edital de abertura, o Instituto Rio Branco (IRBr), do Ministério das Relações Exteriores, lançou novo concurso público para diplomatas. São 18 oportunidades oferecidas a candidatos com qualquer curso de formação superior, sendo uma reservada a pessoas com deficiência. Além de fazer parte da carreira mais glamurosa do funcionalismo público, o aprovado no certame vai receber remuneração inicial de R$ 14.290,72. De acordo com o edital, o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) é a banca organizadora.

Leia mais sobre concursos no portal Admite-se


O concurso será composto por três fases. A primeira trata-se de uma prova objetiva, com aplicação prevista para o dia 6 de abril. Serão 73 questões, cada uma com quatro itens de julgamento certo ou errado, sobre as disciplinas de língua portuguesa, História do Brasil, História mundial, geografia, política internacional, língua inglesa, noções de economia, e noções de direito e direito internacional público. Já a segunda fase acontecerá no dia 3 de maio e será apenas uma prova escrita de português.

A terceira e mais extensa etapa do certame compreenderá seis provas escritas sobre História do Brasil, geografia e política internacional, língua inglesa, noções de economia, e noções de direito e direito internacional público. Além de outra prova objetiva sobre as línguas espanhola e francesa. Os dias de aplicação também já foram definidos: 4, 10, 11, 17 e 18 de maio.

Todas as etapas são de caráter eliminatório e classificatório. A primeira delas com aplicação em todas as capitais brasileiras e no Distrito Federal, e as subsequentes apenas nas capitais onde houverem aprovados. Interessados em concorrer podem se inscrever de 21 de fevereiro a 3 de março pelo site www.cespe.unb.br/concursos. A taxa custa R$ 180.

De acordo com Carlos Eduardo Vidigal, doutor em relações internacionais e sócio do curso preparatório O Diplomata, o edital atual possui alterações significativas em relação ao lançado em 2013, a começar pelo número reduzido de vagas. “A partir de 2005 tínhamos concursos anuais para diplomatas com 100 chances abertas, o concurso do ano passado já foi atípico porque teve apenas 30 oportunidades, e esse decepcionou um pouco nesse quesito, mas melhor 18 vagas do que nenhuma”. Outra mudança apontada pelo especialista foi o salário que aumentou em média R$ 1,3 mil em menos de um ano.

Sobre o conteúdo a ser cobrado nas provas, Vidigal afirma não haver surpresas. “É o mesmo conteúdo e são as mesmas fases, a novidade é que francês e espanhol agora serão cobrados de forma objetiva e não em testes discursivos, como no último certame. Outra mudança é a diminuição do tempo entre o lançamento do edital e a aplicação da primeira avaliação, agora os candidatos terão menos de dois meses para estudo. Mas, como a maioria dos aspirantes a diplomata já vem estudando há certo tempo, agora é hora de revisão para reforço do conhecimento adquirido”, aconselha.

Outra dica valiosa do especialista é redobrar os estudos em língua portuguesa, já que será a matéria mais cobrada na prova objetiva, em 14 questões. Também sob a organização do Cespe/UnB, a última seleção para a carreira registrou 6.490 candidatos. A principal atribuição do cargo de diplomata é a atividade consular, que engloba representação, negociação e proteção de interesses brasileiros no campo internacional.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.