Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Mão de obra » Dedicação integral à Arena Pernambuco Trabalhadores que participaram das obras do estádio agora atuam diretamente na operação, fazendo vistorias e inspeções no estádio que vai sediar os jogos da Copa de 2014

Sávio Gabriel - Especial para o Diario

Publicação: 16/02/2014 08:17 Atualização: 16/02/2014 08:22

A arquitetura Camila Duarte entrou como estagiária para ajudar na concepção dos ambientes internos, a exemplo dos camarotes e áreas VIP, e hoje é uma das responsáveis por fazer a gestão dos espaços nos dias de eventos. Foto: Cristiane Silva/Esp.DP/D.A Press
A arquitetura Camila Duarte entrou como estagiária para ajudar na concepção dos ambientes internos, a exemplo dos camarotes e áreas VIP, e hoje é uma das responsáveis por fazer a gestão dos espaços nos dias de eventos. Foto: Cristiane Silva/Esp.DP/D.A Press
A construção da Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, mobilizou quase cinco mil trabalhadores no pico máximo das obras. O término dos trabalhos, em abril do ano passado, significou, para alguns deles, o início de uma nova fase: deixar o canteiro de obras e atuar diretamente na operação do estádio, fazendo vistorias, manutenções e inspecionando os sistemas que haviam ajudado a implantar. Dos 57 trabalhadores que atuam na operação, aproximadamente 20 estão lá desde o começo do projeto.

É o caso da estudante de arquitetura Camila Duarte, 21. Ela diz que nunca havia imaginado trabalhar num estádio de futebol. “Entrei como estagiária para ajudar na concepção dos ambientes internos, a exemplo dos camarotes e áreas VIP”, lembra. Desde que a construção acabou, Camila é uma das responsáveis por fazer a gestão dos espaços nos dias de eventos. “Também atuo na inspeção, reformas e readequações do que já foi concebido”, explica. A experiência na operação, segundo ela, tem sido proveitosa. “Espero continuar atuando, inclusive durante a Copa e, quem sabe, ser remanejada para outro projeto da empresa.”

O auxiliar técnico Vinícius Dantas foi contratado pela Odebrecht em 2011.Foto: Cristiane Silva/Esp.DP/D.A Press
O auxiliar técnico Vinícius Dantas foi contratado pela Odebrecht em 2011.Foto: Cristiane Silva/Esp.DP/D.A Press
O auxiliar técnico Vinícius Dantas, 24, percorre mais de 20 quilômetros para chegar à Arena. Morador de Paulista, na Região Metropolitana do Recife, ele foi contratado pela Odebrecht Infraestrutura (responsável pela obra do estádio) em fevereiro de 2011. “Quando cheguei aqui, não havia muita coisa. Eu trabalhava no arquivo técnico, fazendo a liberação dos projetos estruturais para que eles fossem executados”, explica. Vinícius garante que o aprendizado foi grande no decorrer dos últimos três anos.

“Durante a obra, passei a ter mais contato com o setor de manutenção, e isso me fez mudar de curso. Antes eu queria fazer engenharia civil, mas depois optei pela engenharia mecânica por conta da minha experiência na Arena”, conta ele, que já está no segundo período do curso.

Capacitação  
A transição da fase de obras para a operação exigiu um treinamento dos funcionários. Segundo Charline Souza, responsável pelo setor de pessoas e organização da Odebrecht Properties (braço da holding que administra o estádio), era preciso explicar para os trabalhadores como uma arena multiuso funcionava. “No ano passado nós promovemos cursos específicos de gestão em arenas e sustentabilidade”, diz.

Além disso, muitos dos colaboradores que atuam na operação participaram de visitas técnicas em outras arenas, de seminários e de eventos-teste. “Para nós, manter os colaboradores que atuaram na construção é algo muito importante. Eles conhecem todos os detalhes, já que foram os responsáveis pela implantação dos sistemas. Se algo acontecer, eles vão conseguir identificar o problema com uma facilidade e agilidade maior”, enfatiza. Trabalhadores de setores específicos, como o de manutenção, foram 100% realocados na operação da Arena.


 

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »