• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

América Móvil » Net e Embratel registram queda no lucro líquido no ano passado

Agência O Globo

Publicação: 12/02/2014 16:57 Atualização:

As empresas do grupo América Móvil - Net, Claro e Embratel - apresentaram hoje seus resultados. Apesar da alta na receita no ano passado, as companhias comandadas pelo grupo espanhol apresentaram queda em seu lucro líquido. A NET, maior empresa de serviços de comunicação e entretenimento via cabo da América Latina, fechou o ano passado com ganhos de R$ 176,6 milhões, uma queda de 55,1% em relação ao mesmo período ao ano passado. No quatro trimeste, a companhia teve prejuízo de R$ 25,8 milhões ante um ganho de R$ 141,5 milhões no fim de 2012.

Segundo Roberto Catalão, vice-presidente Financeiro da NET, os ganhos foram afetados pela desvalorização cambial e pela revisão do saldo contábil de alguns créditos fiscais, especialmente no último trimestre.

"Além disso, em 2012 também tivemos efeito extraordinário positivo relacionado a uma contingência antiga cujo desfecho foi favorável. Desta forma, a comparação fria entre os anos fica prejudicada. O importante é que os resultados operacionais da Companhia permanecem excelentes, melhorando consistentemente", explica Catalão em nota.

No ano passado, a companhia somou 6,060 milhões de clientes por TV por assinatura, uma alta de 12,6% em relação ao ano anterior. Em banda larga, a NET encerrou 2013 com 6,436 milhões de clientes, um crescimento de 17,1% em comparação com o ano passado. Em telefonia fixa, a NET também registrou 5,691 milhões de linhas em serviço, alta de 14,3% em relação a 2012. Assim, a receita líquida subiu 22,3%, chegando a R$ 9,708 milhões. A geração de caixa da companhia, medida pelo Ebitda, avançou 29%, para R$ 2,879 bilhões.

Já a Embratel registrou queda de 46,5% em seu lucro líquido no ano passado, alcançando ganhos de R$ 425,6 milhões. No quarto trimestre, a empresa também registrou prejuízo de R$ 74,3 milhões, ante lucro líquido de R$ 202,9 milhões no fim de 2012. Em seu relatório, a companhia não explica os motivos da redução dos ganhos. Só menciona que em novembro a companhia adquiriu ações da Net, que somam 83,62% do total das ações da companhia em circulação. Com isso, passou a deter direta e indiretamente 96,16% do total de ações representativas de seu capital social.

Por outro lado, a receita líquida subiu 12,9%, para R$ 21,212 bilhões no ano passado. No quatro trimestre, o avanço chegou a 11,9%, para R$ 5,567 bilhões. Analistas destacaram que a redução nos ganhos ocorreu com o aumento dos custos e despesas em 13,2% no ano passado, chegando a R$ 15,634 bilhões.

A Claro não publica seu balanço no Brasil, pois tem parte de seus números consolidados na América Móvil. Segundo o balanço da operadora mexicana, a companhia brasileira registrou receita de R$ 33,197 bilhões em 20013, alta de 8,1% em relação ao ano anterior. No quatro trimestre, o avanço foi de 10,9%, para R$ 8,794 bilhões no quatro trimestre do ano passado ante o mesmo período do ano anterior. A geração de caixa subiu 6,3% no ano, para R$ 7,872 bilhões, no ano passado ante 2012. A empresa não divulga seu lucro.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.