Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Mercado financeiro » Dólar tem leve alta, após três dias consecutivos de desvalorização

Agência O Globo

Publicação: 07/02/2014 12:29 Atualização:

Depois de três dias seguidos de desvalorização, o dólar volta a subir nesta sexta-feira (7). Por volta das 11h15, a moeda americana tinha uma alta de 0,16%, negociada a R$ 2,385 na compra e R$ 2,387 na venda pela cotação comercial. Desde a segunda-feira passada (3), o dólar recuou cinco centavos frente ao real. No exterior, a divisa americana ganha terrento frente a outras moedas como o peso mexicano (0,22%), o rand sul-africano (0,37%) e o euro (0,15%), por exemplo.

Os investidores aguardam nesta sexta-feira os números do mercado de trabalho americano de janeiro, a serem divulgados às 11h30m (horário de Brasília) pelo Departamento de Trabalho. A expectativa é que os números venham positivos - apesar do inverno rigoroso nos EUA no mês - e respaldem a retirada de estímulos monetários pelo Federal Reserve (Fed, banco central americano), atualmente em US$ 65 bilhões mensais.

No mercado local, o Banco Central (BC) vendeu os 4 mil contratos de swap cambial tradicional - operação equivalente a uma venda de dólares no mercado futuro - oferecidos aos agentes das 9h30m às 9h40m, numa intervenção de US$ 197,1 milhões. Das 11h30m às 11h40m, a autoridade monetária vai realizar um leilão para rolagem de 10.500 contratos de swap cambial que vencem em 5 de março próximo.

Entre os indicadores divulgados aqui no Brasil, o IBGE divulgou na manhã desta sexta-feira que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi de 0,55% em janeiro, abaixo da estimativa mediana dos economistas consultados pela Bloomberg News, de 0,61% para o mês passado. Em 12 meses terminados em janeiro, a inflação oficial brasileira passou avança 5,59%, abaixo dos 5,91% do ano passado.

“O real está acompanhando a tendência dos mercados emergentes e das commodities lá de fora. Não vejo muita influência dos dados de inflação. E a trajetória do pregão só vai ser realmente definida de forma consistente após a divulgação dos dados do mercado de trabalho americano”, avaliou Luis Otávio Leal, economista-chefe do banco ABC Brasil.

Já a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) sobe pelo segundo dia. O Ibovespa, índice de referência do mercado, apresenta uma valorização de 0,43%, aos 47.943 pontos.

Entre os destaques do dia, as ações ordinárias (ON, com voto) da construtora Gafisa sobem 3,65%, a R$ 3,12. Em comunicado, a empresa informou nesta sexta-feira que pode se dividir em duas companhias independentes: Gafisa e Tenda. Com isso, a empresa espera solicitar a listagem da Tenda no Novo Mercado da BM&FBovespa para a Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Outro papel em forte alta é o da Oi. As ações ordinárias sobem 4,84%, a R$ 4,11, após o jornal “Folha de S.Paulo” publicar que um grupo formado por 12 bancos, nacionais e estrangeiros, comprometeu-se a captar entre R$ 6 bilhões e R$ 8 bilhões no mercado para comprar ações da companhia formada pela fusão com a Portugal Telecom, participação que equivale a no mínimo 15% da empresa. O jornal não citou fontes.

Já as ações da Eletrobras sobem 0,97%, a R$ 9,36, após chegaram a cair 0,54% com o leilão da linha de transmissão de Belo Monte, no Pará. O consórcio formado pela chinesa State Grid e pela Eletrobras, através das subsidiárias Eletronorte e Furnas, venceu o leilão de concessão da linha de transmissão nesta sexta-feira com um deságio 38% em relação ao teto da receita que o governo estava disposto a ceder, de R$ 701 milhões por ano.

“Muito possivelmente o mercado considerou o desconto sob o preço teto do projeto como muito alto, tendo em vista a situação complicada que a cia enfrenta. A proposta da Eletrobras foi quase R$200 milhões abaixo que a segunda proposta mais atraente, realizada pela Abengoa”, disse Vitor Sousa, analista da corretora GBM.

Os mercado de ações no exterior têm uma manhã de ganhos, com a expectativa que os números do mercado de trabalho americano a ser divulgados nesta sexta-feira revelem que a economia dos EUA gerou empregos em um ritmo mais rápido do que no mês passado. O FTSE 100, da Bolsa de Londres, sobe 0,12%. O CAC 40, da Bolsa de Paris, tem alta de 0,07%. E o DAX, da Bolsa de Frankfurt, ganha 0,26%

Mais cedo, os mercados financeiro asiáticos também se valorizaram na esperança de números melhores nos EUA. O índice Nikkei, da Bolsa de Tóquio, subiu 2,17%. O índice Hang Seng, da Bolsa de Hong Kong, avançou 1%. E na China o índice Xangai Composto, da Bolsa de Xangai, terminou o pregão em valorização de 0,56%.


Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »