Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Área de saúde » Fiocruz, do Ministério da Saúde, abre quatro editais de concurso com 201 vagas

CorreioWeb

Publicação: 29/01/2014 15:21 Atualização:

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), vinculada ao Ministério da Saúde, divulgou, nesta quarta-feira (29), quatro editais que juntos ofertam 201 oportunidades para técnico, tecnologista, especialista e analista. Conforme adiantado pelo CorreioWeb, a Fundação Dom Cintra é a banca organizadora. As remunerações básicas variam de R$ 4.143,48 a R$ R$ 2.128,37.

Leia mais sobre concursos no portal Admite-se

O Ministério do Planejamento havia autorizado 400 chances. De acordo com a Fiocruz, outros editais por unidades serão publicados nesta sexta-feira (30).

Oito vagas são para analistas de gestão em saúde pública. Podem concorrer graduados em qualquer curso superior, além de formados em contabilidade e engenharia civil.

Outras 25 vagas são para especialista em ciência, tecnologia, produção e inovação em saúde pública. São admitidas apenas inscrições de candidatos com doutorado nas áreas de ciências da saúde, ciências biológicas, biotecnologia, medicina, farmácia, história, química, física, engenharia, comunicação, entre outras.

São 75 vagas para técnicos, com nível médio e curso técnico em análises clínicas, patologia clínica, biotecnologia, biblioteca, química, edificações, agropecuária, zootécnica (agrícola ou veterinária), eletrônica, eletrotécnica, enfermagem, equipamentos biomédicos, logística, mecânica, microbiologia, secretaria escolar, farmácia, biologia molecular e celular, e vigilância da saúde.

A maioria das chances, porém, vai para tecnologistas - 93 delas. Podem concorrer graduados em medicina, psiquiatria, biotecnologia, ciências biológicas ou agrárias, comunicação, engenharia, letras, geografia, entre outras.

Haverá provas objetivas no dia 30 de março. Alguns candidatos ainda farão prova dissertativa, prática e avaliação de títulos - especialistas não fazem exames objetivas, mas deverão apresentar projeto de atuação profissional e defesa de memorial.

As etapas do concurso serão feitas em Brasília/DF, Belo Horizonte/MG, Salvador/BA, Recife/PE, Fortaleza/CE, Rio de Janeiro/RJ, Campo Grande/MS, Curitiba/PR, Manaus/AM e Porto Velho/RO - dependendo do posto escolhido. Cinco por cento das vagas é reservada a pessoas com deficiência.

Quem quiser se inscrever pode se cadastrar pelo site www.domcintra.org.br, entre os dias 5 e 24 de fevereiro. A taxa custa R$ 100 a R$ 250.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »