Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Representação » Fernando Henrique foi a Davos apenas em 1998 e Lula estreou em 2003

Agência Brasil

Publicação: 24/01/2014 15:56 Atualização:

Já no fim de seu primeiro mandato, o então presidente Fernando Henrique Cardoso foi ao Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça. Diante da plateia de economistas e representantes políticos de diversos países, ele rebateu as críticas que apontavam o Brasil como vulnerável à crise asiática, chamando os analistas de “palpiteiros”.

O presidente do Fórum, Klaus Swab, questionou Fernando Henrique a respeito da sobrevalorização do real em relação ao dólar, e ouviu que as exportações sinalizavam que a desvalorização da moeda brasileira não seria necessária - mas acabou ocorrendo após a reeleição.

Em 2003, seu primeiro ano de governo, Lula causou polêmica ao decidir, literalmente, largar o Fórum Social Mundial, em Porto Alegre, do qual participava pela terceira vez, para ir a Davos. Setores do próprio PT e ativistas que o apoiavam criticaram o que seria um aceno ao capitalismo globalizado - contrário, portanto, aos movimentos sociais.

O jornal britânico “Financial Times” ironizou, dizendo que Lula tentava “dançar em duas festas”, equilibrando-se entre duas correntes antagônicas, e que sua viagem - em voo comercial - serviria apenas para “juntar mais pontos no programa de milhagem”.

Em início de mandato, Lula destacou a responsabilidade que as expectativas em torno de sua administração traziam, e disse que tinha quatro anos para fazer o governo “mais honesto que já houve na história deste país”. O foco, porém, foi a necessidade de os países ricos se engajarem no combate à fome no mundo.

"Quero dizer em Davos que não é possível continuar numa ordem econômica onde poucos podem comer cinco vezes ao dia e muitos passam cinco dias sem comer. Dizer que as crianças pobres da América Latina têm direito de comer como qualquer outra".

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »