• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Novo oásis » África Subsaariana cada vez mais atrativa para investidores

AFP - Agence France-Presse

Publicação: 23/01/2014 16:12 Atualização:

A África Subsaariana está se tornando cada vez mais atraente para investidores estrangeiros, mesmo que a falta de infraestrutura e outros fatores dificultem o crescimento na região, mostrou um estudo do Commerzbank nesta quinta-feira (23).

“O persistentemente baixo crescimento econômico global não afetou muito a África Subsaariana até agora”, escreveu o banco alemão no estudo. “A crise financeira internacional mal afetou a região. Com o crescimento econômico real de 5% em 2013 e previsão de 6% em 2014, a região é a segunda depois da Ásia” entre as regiões mais dinâmicas do mundo, disse o Commerzbank.

Os países da região, ricos em matérias-primas, estão se beneficiando com os altos preços das commodities e estão se tornando mercados lucrativos que despertam o interesse internacional. “Mesmo que ainda haja déficits em alguns países quanto à democratização e à eficiência de instituições políticas, a estabilidade político e econômica cresceu”, apontou o estudo.

Rainer Schaefer, chefe de análise de risco país do Commerzbank, disse que a melhora e a ampliação da infra-estrutura são chave para aumentar o dinamismo econômico e estimular as exportações da região.

Para atender sua rápida necessidade de crescimento energético, a África Subsaariana pode seu tornar um importante player no setor de energia verde e tecnologia, sugeriu Florian Witt, chefe do departamento de África do Commerzbank. “Há muitas oportunidades para os investimentos estrangeiros com o know-how correspondente nas áreas de tecnologia solar e eólica e até biogás”, disse Witt.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.