Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Bom negócio » O boom das franquias longe da região metropolitana Segmento tem crescido rapidamente no Brasil e boa parte do faturamento do setor vem das lojas do interior

Augusto Freitas

Publicação: 20/01/2014 13:00 Atualização: 20/01/2014 15:59

Leandro Martins e pensou em abrir uma franquia em Petrolina ou Campina Grande (PB). Acabou escolhendo Caruaru. Investiu R$ 450 mil e hoje tem um faturamento crescente e uma clientela vasta. Foto: Amanda Passos/Divulgação
Leandro Martins e pensou em abrir uma franquia em Petrolina ou Campina Grande (PB). Acabou escolhendo Caruaru. Investiu R$ 450 mil e hoje tem um faturamento crescente e uma clientela vasta. Foto: Amanda Passos/Divulgação

Há dois anos, o administrador Leandro Martins, 31, deixou para trás 12 anos de trabalho em uma conhecida editora do mercado. O então candidato a empreendedor pesquisara o mercado e decidira abrir um negócio próprio. Juntou as economias e investiu cerca de R$ 450 mil no projeto. Até aí, tudo normal. Afinal, você deve imaginar que se trata de uma atividade em um grande centro urbano, tipo capital, certo? Errado.

Leandro arriscou. Mal sabia ele, estava iniciando um negócio em um mercado que nos últimos dois anos disparou no Brasil: a abertura de franquias em cidades de pequeno e médio porte do interior. Quer dizer, esqueça aquela (manjada) história de que somente nas capitais se encontram as boas franquias de produtos e serviços. Faça o teste. Ao contrário do que você possa imaginar, o investimento se tornou seguro e lucrativo.

O fenômeno não é de se estranhar. Somente em 2012 (os números de 2013 ainda não são atuais), o segmento de franquias do Brasil encerrou o ano com um faturamento total que bateu os R$ 103 bilhões. O montante é fruto de estatísticas da Associação Brasileira de Franchising (ABF) e equivale a um crescimento de 16,2% em relação a 2011. Boa parte desses bilhões arrecadados, acredite, é oriunda de franquias em cidades do interior.

Segundo o órgão, há quase uma década, a cada ano, o franchising tem tido desempenho positivo, inclusive sendo superior ao desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) nacional. Em 2012, o indicador foi inferior a 1% (0,9%), conforme divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). Limpeza e conservação, o setor escolhido por Leandro, cresceu 44,5% em 2012. É um dos mais consolidados.

"Tive dúvida entre lazer e gastronomia e sentia dificuldade no Recife em relação a algumas questões, como o local. Pensei em Petrolina ou Campina Grande e escolhi Caruaru. Hoje tenho seis funcionários e clientela vasta”, conta o hoje empresário Leandro, dono da única franquia da 5àSec, na Capital do Forró. O local é especializado na lavagem, engomagem e pequenos reparos de roupas. Preços? De R$ 4 a R$ 300.

Outras razões também explicam a escolha de cidades interioranas para abrir franquias. Segundo o IBGE, o Brasil possui 1.053 municípios com população entre 20 mil e 50 mil habitantes, cerca de 32 milhões de pessoas. Isso equivale, na análise do órgão, a um consumo de 10,6% do mercado total brasileiro. Some a isso a chegada de investimentos nesses locais e o aumento do poder de compra dos trabalhadores. É lucro quase certo.


Eldorado no interior

Presente em 18 estados, uma das franquias que têm explorado bem o interior pernambucano é a Mr.Mix Milk Shakes. Foto: Divulgação
Presente em 18 estados, uma das franquias que têm explorado bem o interior pernambucano é a Mr.Mix Milk Shakes. Foto: Divulgação
O crescimento das franquias em cidades fora das grandes regiões metropolitanas é tanto que, a exemplo de Leandro, os candidatos a patrões têm buscado cada vez mais essa alternativa. Na distribuição de unidades franqueadas no Brasil, conforme a ABF, o Sudeste é onde se concentra a maior participação, com 58%. Em seguida, a Região Sul (15,3%) e o Nordeste (14,4%). Depois, aparecem o Centro-Oeste (8%) e o Norte, com 4,3%.

Em Pernambuco, a tendência é de expansão. No ranking das dez primeiras cidades do estado com unidades instaladas (excluindo-se o Recife e Região Metropolitana), a lista é a seguinte, de acordo com a ABF: Caruaru (108 unidades), Petrolina (91), Garanhuns (31), Vitória de Santo Antão (27), Santa Cruz do Capibaribe (15), Carpina (14), Arcoverde (12), Goiana (12), Surubim (12) e Gravatá (11).  

Uma das franquias que têm explorado esse eldorado no interior pernambucano é a Mr.Mix Milk Shakes. Presente em 18 estados, a empresa quer focar o seu plano de expansão em cidades interioranas, com mais de 50 mil habitantes. Em Carpina, o empresário Fábio Barbosa, 32, apostou em uma unidade da marca e investiu R$ 160 mil. O retorno já veio depois que os sorvetes e shakes caíram no gosto dos consumidores.

"Moro em Cuiabá e a cada três meses venho conferir o andamento, junto com minha irmã, que é sócia. As praças próximas a Carpina são muito consumidoras, por isso o negócio é certo. No segundo semestre, vamos abrir uma nova unidade também no interior, ainda em análise, e devemos crescer 15% este ano", revela Fábio. Está no interior? Olhe aí do lado. Talvez a marca que você tanto gosta esteja te esperando. 

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »