• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Mauá » Transpetro anuncia construção de mais oito navios, por R$ 1,4 bilhão Frota, que fará transporte de produtos, terá investimentos de R$ 1,4 bilhão e vai demandar a manutenção dos atuais 3.400 empregos diretos no local

Agência O Globo

Publicação: 14/01/2014 17:48 Atualização:

O Programa de Modernização e Expansão da Frota (Promef) da Transpetro ganhou novo fôlego com a construção de mais oito embarcações. De acordo com Sérgio Machado, presidente da Transpetro, esses oito navios, que farão transporte de produtos, terão investimentos de R$ 1,4 bilhão e vão demandar a manutenção dos atuais 3.400 empregos diretos existentes no Estaleiro Mauá, responsável por esta nova leva de encomendas.

Segundo a Transpetro, o primeiro corte do aço, que é o marco físico do início da construção de um navio, deverá ocorrer no último trimestre deste ano. Essas oito embarcações fazem parte de um total de 49 navios, que, pelo cronograma original, serão entregues à Petrobras até 2020. De acordo com a Transpetro, já foram entregues sete navios, dos quais seis já entraram em operação.

"A indústria naval brasileira vive um novo momento. Deixou de ser um sonho e hoje está consolidada. A entrega do primeiro lote de encomendas do Promef é uma prova disso. Agora, o grande foco é a gestão, a qualidade para que a produtividade seja maior e melhor, em busca da competitividade internacional. É nisso que estamos trabalhando", afirmou Machado, que participou nesta terça-feira do evento que marcou o início das operações do navio José Alencar.

O ano de 2014 o Promef deverá bater seu recorde: serão mais cinco navios entregues. Além disso, sete outras embarcações deverão entrar em operação, número que já inclui o José Alencar. O próximo navio a entrar em operação será o Dragão do Mar, que foi entregue em dezembro, e deve ser lançado ao mar até março deste ano.

A embarcação lançada nesta terça-feira foi batizada em homenagem ao ex-vice-presidente da República. Além dele, estão em operação os navios de produtos Celso Furtado (entregue em novembro de 2011), Sérgio Buarque de Holanda (julho de 2012) e Rômulo Almeida (janeiro de 2013). Além desses, o EAS entregou à Transpetro os suezmax João Cândido (em maio de 2012) e Zumbi dos Palmares (maio de 2013).

Além das 49 embarcações, o Promef prevê ainda a construção de 20 comboios hidroviários. Ao todo, os investimentos somam R$ 11,2 bilhões.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.