Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Durante a Copa » Avianca adota tarifa-teto de R$ 999 para passagens de fevereiro a julho

Agência O Globo

Publicação: 14/01/2014 16:07 Atualização:

A companhia aérea Avianca anunciou, na manhã desta terça-feira, que estabeleceu o teto de R$ 999 para as passagens marcadas entre dia 1º de fevereiro e 31 de julho, em função da Copa do Mundo no Brasil. A concorrente Azul já havia estipulado a mesma regra, mas apenas para os meses da Copa, junho e julho, na semana passada.

Os passageiros poderão buscar os trechos já com a regra do preço teto a partir da próxima quinta-feira, dia 16. José Efromovich, presidente da Avianca, garantiu que quem comprar com antecedência vai encontrar passagens com preços inferiores ao teto.

"Nós queremos oferecer a melhor experiência de voo com preço justo", frisou, durante coletiva de imprensa em São Paulo.

O preço médio das passagens da Avianca é R$ 280 e em datas com mais procura, como feriados, sobe para R$ 340. Perguntado se o teto de R$ 999 para trechos curtos, como a ponte área Rio- São Paulo, era considerado baixo, Efromovich desviou e frisou que “essa é uma questão de demanda”. Ele emendou, porém, que em 2014, por conta do aumento da demanda, a empresa fechará pela primeira vez, na sua história, um ano com lucro.

Busca feita pelo GLOBO no site da companhia nesta terça-feira, quando as regras da tarifa máxima ainda não estão vigorando, encontrou passagens de R$ 699 até os mesmos R$ 999 para viajar do Rio para São Paulo na estreia do Brasil na Copa, dia 12 de junho. Se o passageiro quiser fazer o percurso contrário, de São Paulo para o Rio, porém, é possível encontrar trechos por R$ 280.

A companhia também anunciou que o governo autorizou o seu pedido de 430 voos extras para os meses da Copa. A quantidade é equivalente a 6,4% do total de decolagens da companhia. Em junho e julho, portanto, a Avianca saltará de 176 voos diários para 187.

"Vamos tornar mais densas as ligações entre Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo, e vamos aumentar os voos nas vésperas dos jogos em outros estados", detalhou Efromovich.

A expectativa do executivo é ver a demanda crescer 19% neste ano, saindo de 6,2 milhões de passageiros transportados para 7,4 milhões. Para atender o aumento, a companhia está substituindo sete de seus 12 aviões modelo MK 28 (mais conhecido como Fokker-100) por modelos maiores da Airbus. Em 2014, portanto, a empresa vai trabalhar com 34 Airbus e cinco MK 28. Com a alteração o número de assentos disponíveis subirá de 7,7 milhões para 9,2 milhões.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »