Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Inflação » Cesta básica no Recife sobe 10,34%

Publicação: 10/01/2014 07:59 Atualização:

A cesta básica do Recife ficou 10,34% mais cara em 2013 e fechou o ano custando R$ 274,69, segundo pesquisa divulgada ontem pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O aumento registrado sobre o custo de alimentos essenciais à mesa do recifense foi maior do que a inflação do ano na cidade, que, segundo o IPCA-15 (prévia da inflação oficial), bateu a casa dos 6,85%.

Na ponta do “iceberg” estão produtos como a farinha da mandioca (47%), a banana (41,02%), o leite (25,10%) e o pão francês (10,22%), vilões do orçamento familiar no ano passado. A inflação sobre os alimentos traz nos bastidores algumas razões já conhecidas, a exemplo dos fatores climáticos afetando a lavoura e as pastagens e o comportamento do mercado consumidor, que ao longo de 2013 permaneceu em expansão, sustentando os preços mais elevados dos produtos.

Mas nem tudo sobe. De acordo com o Dieese, comer a refeição mais brasileira de todas, o arroz com feijão, ficou mais barato na capital pernambucana. A leguminosa baixou 13,21% no comparativo anual e caiu 6,41% em relação a novembro. Já o arroz teve redução de 5,56% no preço médio anual e 1,92% entre novembro e dezembro. Tomar o indispensável cafezinho depois do almoço também ficou mais em conta: a queda no ano foi de 3,53% na capital pernambucana. O açúcar também baixou de preço (-7,35%) no período.

A pesquisa completa pode ser acessada no blog Lições de Bolso, hospedado no site do Diario.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »