Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Tecnologia » Startup cria solução para reduzir custos de pequenos importadores Projeto criado há seis meses por pernambucanos foi selecionado para receber investimentos de programa de aceleração chileno

Sávio Gabriel - Especial para o Diario

Publicação: 28/12/2013 14:00 Atualização:

A proposta da Lotebox é montar um banco de dados virtual, que pode ser consultado por quem deseja dividir o espaço disponível no contêiner, segundo o gerente de produto Luiz Fernando Gomes. Foto: Cristiane Silva/Esp.DP/D.A Press
A proposta da Lotebox é montar um banco de dados virtual, que pode ser consultado por quem deseja dividir o espaço disponível no contêiner, segundo o gerente de produto Luiz Fernando Gomes. Foto: Cristiane Silva/Esp.DP/D.A Press

Enquanto gestores públicos e administradores portuários pensam em soluções logísticas para suprir as necessidades das grandes exportadores e importadores, as micros e pequenas empresas continuam à procura de formas para otimizar seus negócios. Foi assim que surgiu há cerca de seis meses a Lotebox (www.lotebox.co), startup pernambucana que desenvolveu uma plataforma online para consolidar cargas de pequenos importadores, reduzindo seus custos.

 “Na maioria dos casos, a mercadoria importada por eles não chega a lotar um contêiner. Mesmo assim, precisam pagar a taxa integral pelo transporte marítimo, que hoje é de aproximadamente US$ 2 mil”, explica Luiz Fernando Gomes, gerente de produto da recém-criada empresa.

A proposta da Lotebox é montar um banco de dados virtual, que pode ser consultado por quem deseja dividir o espaço disponível no contêiner com outro importador. “Faríamos o cruzamento das informações a partir das necessidades do importador. Ele vê, por exemplo, se haverá outras mercadorias saindo do mesmo local na mesma época”, explica Gomes. Sendo assim, os custos com o transporte são divididos igualmente entre os importadores.

Site/Reprodução
Site/Reprodução
Segundo ele, a inovação não está no serviço, mas sim na forma como ele é oferecido. “Hoje é possível fazer a consolidação, mas de forma offline. O importador faz o processo através do telefone. Mas é um processo muito lento. E nós pretendemos reduzir esse tempo”, enfatiza Gomes.

O projeto surgiu na terceira edição do Startup Weekend Recife (SWREC), que aconteceu em agosto. Atualmente, três integrantes estão na equipe: Luiz Fernando, Eduardo Carvalho (CEO da empresa) e Tony Celestino (diretor de marketing).

O Startup Weekend é um evento internacional, que já foi realizado em mais de 500 cidades, no qual várias pessoas se reúnem para discutir ideias inovadoras, que podem ser os embriões de futuros empreendimentos. Mais de 800 empresas já foram criadas a partir do evento em todo o mundo.

“Na edição deste ano, foram 119 participantes, que formaram 14 times”, explica Thiago Diniz, um dos organizadores da SWREC. Ele acredita que Pernambuco possui muito potencial na área. “Entretanto, se não houver uma mudança de comportamento no que diz respeito aos encontros e eventos, vamos acabar perdendo espaço no cenário nacional”, finaliza.

Incentivo no exterior
A Lotebox foi a única empresa do Norte/Nordeste a ser aceita recentemente no programa de aceleração “Start-up Chile”, que selecionou negócios em 28 países. Além da surpresa para os cinco integrantes da equipe, o fato serve como estímulo para mercado local. Durante os seis meses em que estiver no Chile, a empresa receberá um investimento de aproximadamente US$ 40 mil.

Depois dos seis meses, o grupo pretende voltar ao Brasil. “Ir para o Chile será muito importante para entrarmos no mercado, já que o país tem uma abertura de negociação muito grande com outros países. Mas queremos nos desenvolver no mercado nacional, a princípio, para depois pensarmos em expansão”, explica Gomes. O embarque será em fevereiro.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »