Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Infraestrutura » Cobrança do pedágio da Via Expressa, para o Litoral Sul, é adiado por uma semana

Publicação: 27/12/2013 18:00 Atualização:

Quem tem o Litoral Sul como destino no réveillon poderá usufruir de uma nova alternativa viária para fugir dos congestionamentos. E o melhor: sem pagar nada. É que a cobrança de pedágio na Via Expressa, que começaria neste sábado (28) com 13,6 quilômetros iniciais, foi adiada por uma semana. A tarifa básica de R$ 5,60 (válida para carros passeio, caminhonetes e furgões) começará a valer no dia 4 de janeiro, à 0h, segundo a concessionária Rota do Atlântico. Motocicletas pagam metade do preço.

Em comunicado à imprensa, a empresa que operará a rodovia que leva ao Complexo de Suape e às praias da região informou que decidiu postergar o início do pedágio porque recebeu nesta sexta-feira (27) novas licenças de operação da CPRH. Trata-se do complexo de viadutos próximo ao Hospital Dom Helder e do Contorno do Cabo, nova via com oito quilômetros de extensão que desafogará o trafego na PE-060. Com isso, serão, ao todo, 21,6 quilômetros.

Apesar do adiamento da cobrança, toda a estrutura da Via Expressa já estará em funcionamento no fim de semana pré-feriado. Isso inclui o monitoramento da estrada por câmeras e o atendimento 24 horas por guinchos, além de ambulância para resgates, viaturas de inspeção de tráfego, caminhão-pipa para combate a incêndios e limpeza de pista, além de veículo para remoção de animais soltos. Serviços de emergência podem ser acionados pelo telefone 0800-031-0009.

Saiba mais
O complexo viário concessionado contemplará um total de 43 quilômetros de extensão, que começa na BR-101, na altura do Hospital Dom Hélder Câmara, no Cabo de Santo Agostinho, até a PE-038, no distrito de Nossa Senhora do Ó, em Ipojuca, facilitando acesso à Praia de Porto de Galinhas, Muro Alto, Cupe e Maracaípe, por exemplo.

Em janeiro está prevista a inauguração da nova estrada de 5,5 quilômetros, que liga Suape à PE-038, em Nossa Senhora do Ó, e até o final do primeiro semestre de 2014 deve ficar pronto o acesso à Ilha de Cocaia, com cerca de 13 quilômetros.

Se comparada à PE-060, o novo percurso iniciado nas imediações do Hospital Dom Helder Câmara, no Cabo de Santo Agostinho, reduzirá o trajeto para as praias do Litoral Sul em 8,4 quilômetros, representando uma economia de 30% no percurso e de pelo menos 20 minutos, considerando a velocidade permitida de 100 Km/h.

No total, a concessão – que vai durar 35 anos e tem previsão de investimentos privados de cerca de R$ 450 milhões – terá cinco praças de pedágio. O pagamento para quem pegar a nova rota será cobrado de forma unidirecional. Ou seja, apenas uma vez, somente ao entrar no sistema, permitindo o acesso a todo o complexo viário. Quem for para o Litoral Sul e não quiser saber de pedágio, deve continuar usando a PE-060.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »