Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Camex » Brasil pretende retomar sanções aos EUA por contencioso do algodão

AFP - Agence France-Presse

Publicação: 19/12/2013 10:53 Atualização:

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) informou, ontem (18), que abrirá em janeiro consultas públicas para decidir se aplica sanções aos Estados Unidos pelo contencioso por subsídios americanos ao algodão. Esse é um velho caso, sobre o qual ambas as partes já haviam chegado a um acordo em 2010.

As consultas se estenderão por todo o mês de janeiro. “Elas são um ato preparatório para uma eventual aplicação de sanções”, informou a Camex, em uma nota. A Confederação Nacional da Indústria elogiou a decisão da Camex, que reúne os principais ministérios do setor. Em 2009, a Organização Mundial do Comércio (OMC) autorizou o Brasil a adotar represálias comerciais de até US$ 830 milhões por ano contra os Estados Unidos por subsídios ao setor algodoeiro.

Os incentivos do governo americano distorciam o mercado e afetavam os exportadores brasileiros. Em 2010, às vésperas da aplicação de medidas por parte do Brasil, os Estados Unidos propuseram um acordo, pelo qual pagariam US$ 147,3 milhões em parcelas mensais ao Instituto Brasileiro do Algodão.

De acordo com a Camex, o objetivo era aprovar uma nova lei agrícola para aplicar a decisão da OMC. “Passados mais de três anos, não houve aprovação de uma nova lei agrícola” e, desde setembro, “os Estados Unidos descumpriram os pagamentos”, completa a nota.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »