Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Câmbio » Dólar fecha em queda negociado a R$ 2,33; na semana, moeda subiu 1,03%

Agência O Globo

Publicação: 13/12/2013 18:06 Atualização: 13/12/2013 21:10

O dólar comercial encerrou a semana com alta de 1,03% frente ao real, diante da incerteza dos investidores, que estão à espera da reunião do Federal Reserve, o banco central norte-americano, na semana que vem. Persiste a dúvida se o Fed começará a reduzir os estímulos à economia já na próxima semana ou adiará a decisão para 2014. Nesta sexta-feira (13), a moeda americana terminou negociada a R$ 2,333 na compra e R$ 2,335 na venda, uma desvalorização de 0,34%. A cotação do dólar está muito próxima do que muitos analistas estimam para o fim do ano: R$ 2,35.

Na máxima do dia, ela foi negociada a R$ 2,342 (perda de 0,04%) e na mínima, atingida pela manhã com a entrada de exportadores no mercado aproveitando as taxas mais elevadas, chegou a R$ 2,329 (queda de 0,59%).

Os dados de inflação nos Estados Unidos contribuíram para a queda do dólar. O Índice de Preços ao Produtor caiu 0,1% em novembro na comparação com outubro, conforme previsto pelos analistas. Como o Federal Reserve sinalizou que a inflação abaixo da meta de 2% também seria levada em conta na manutenção do programa de estímulos, esse cenário de baixa nos preços ao produtor diminui as apostas na redução antecipada, alerta João Paulo de Gracia Correa, operador da Correparti.

"Foi o terceiro mês de queda da inflação ao produtor e este é um dado que pesará para que o Fed inicie a redução dos estímulos. Como a meta de inflação é de 2% e o índice recuou, caiu a expectativa de que o banco central americano mude sua política monetária na reunião da semana que vem. Com isso, o dólar que subia frente a maior parte das divisas, começou a perder força após a divulgação do dado", explica Correa.

Nesta sexta, o Banco Central realizou mais um leilão de linha, operação que equivale a um empréstimo de moeda americana, com compromisso de recompra futura. O total ofertado foi de US$ 1 bilhão. A taxa de corte para recompra ficou em R$ 2,381. Nesta tarde, foi realizado um novo leilão de rolagem de contratos de swap cambial tradicional, que vencem em 2 de janeiro. Foi ofertado US$ 1 bilhão através de 20 mil contratos. Todos os papéis foram vendidos.
"Os leilões do BC também ajudaram a manter a queda do dólar frente ao real nesta sexta", diz Correa.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »