Pernambuco.com



  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Oportunidade » Pesquisa revela que 18,2 mil vagas temporárias de fim de ano ainda não foram preenchidas

Agência O Globo

Publicação: 04/12/2013 17:05 Atualização: 04/12/2013 17:29

Para este fim de ano foram abertas 160 mil vagas e 11,4% ainda aguardam candidatos. Foto: Karlos Geromy/OIMP/D.A.Press
Para este fim de ano foram abertas 160 mil vagas e 11,4% ainda aguardam candidatos. Foto: Karlos Geromy/OIMP/D.A.Press
Embora a temporada de contratação temporária já esteja quase no fim, 18,2 mil vagas temporárias não foram preenchidas. É o que revela pesquisa do Sindicato das Empresas de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário do Estado de São Paulo (Sindeprestem). Para este fim de ano foram abertas 160 mil vagas e 11,4% ainda aguardam candidatos.

No comércio, responsável por 70% das vagas oferecidas, estima-se que, das 112 mil vagas abertas inicialmente, 16,8 mil ainda não foram preenchidas (15%). A remuneração ficará em torno de R$ 975, uma alta de 11,8%, com direito a vale-transporte e vale-refeição, mais recompensas por desempenho. As principais funções para as quais os lojistas buscam funcionários extras são analista de crédito, atendimento, crediário, embalador, estoquista, etiquetador, fiscais de caixa, fiscais de loja, operadores de telemarketing, Papai Noel, promotor de vendas, repositor e vendedor. Para conquistar uma vaga é preciso ter nível fundamental completo, simpatia, boa comunicação, habilidade para atendimento ao público e para o trabalho em equipe.

Tradicionalmente, a indústria responde por 30% das contratações. Segundo a pesquisa de reposicionamento, 3% das vagas abertas não foram preenchidas, ou seja, das 48 mil oportunidades abertas, 1,4 mil vagas temporárias ainda estão à espera de trabalhadores. Os salários devem ser 6,1% mais altos do que no mesmo período de 2012. Em média, R$ 1.225 e benefícios como vale-refeição e vale-transporte. As principais funções são: auxiliar administrativo, auxiliar de departamento financeiro, auxiliar laboratório, auxiliar de serviços gerais, motorista, nutricionista, operador de empilhadeira, operador de máquinas, técnico em manutenção industrial e técnico em segurança trabalho. Para ser contratado, é preciso ter ensino médio completo. Será considerado diferencial, candidatos com qualificação técnica em automação industrial, eletrotécnica, mecatrônica, química, informática, segurança do trabalho, administração e secretariado.

Segundo o levantamento do sindicato, feito em parceria com a Federação Nacional dos Sindicatos de Empresas de Recursos Humanos, Trabalho Temporário e Terceirizado (Fenaserthh) e Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário (Asserttem), após o período de festas, 12% dos contratados devem ser efetivados. E cerca de 20% do total de vagas devem ser preenchidas por jovens em situação de primeiro emprego.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: maelbe da silva barros
Esses números são enganosas,eu já enviei uns 50 curriculum e nada. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »