Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Mercado » Dólar sobe mais de 1% e fecha a R$ 2,379; ações da Petrobras ficaram entre as maiores altas da Bolsa

Agência O Globo

Publicação: 03/12/2013 16:59 Atualização:

As ações da Petrobras tiveram uma pequena recuperação do tombo de segunda-feira e encerraram o pregão desta terça-feira (entre as maiores altas do Ibovespa. Os papéis ordinários subiram 0,91%, aos R$ 16,57, a segunda maior alta do pregão, enquanto os preferenciais se valorizaram 0,86%, a R$ 17,51, o terceiro maior ganho. O Ibovespa, em sentido contrário, se desvalorizou 1,75%, aos 50.348 pontos, e volume negociado de R$ 6,4 bilhões, acompanhando os pregões americanos e puxado pelas blue chips.

É o menor patamar de fechamento desde 30 de agosto, quando o Ibovespa encerrou a 50.008 pontos. No cenário doméstico, a queda de 0,5% no Produto Interno Bruto (PIB) no terceiro trimestre e, no externo, novamente a expectativa de que o banco central americano reduza os estímulos à economia em breve desanimaram os investidores.

"O mercado já vinha nervoso com Petrobras e a divulgação da queda do PIB, no terceiro trimestre, piorou o cenário, embora esse número já fosse esperado. Sem um política de preços para Petrobras, o governo perde credibilidade, num contexto em que já há desconfiança com a política fiscal praticada. É difícil vislumbrar alguma melhora este ano", diz Ari Santos, gerente da mesa de operações Bovespa da corretora H. Commcor.

Pelo terceiro dia consecutivo, o dólar comercial fechou em alta frente ao real com valorização de 1,01%, negociado a R$ 2,377 na compra e R$ 2,379 na venda. A divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) referente ao terceiro trimestre influenciou a alta do dólar, segundo analistas. O PIB brasileiro caiu 0,50% entre julho e setembro, na comparação com o segundo trimestre, percentual maior que expectativa do mercado, que esperava retração de 0,20%. Em relação ao terceiro trimestre do ano passado, o PIB subiu 2,2%, também inferior aos 2,4% estimados pelo mercado.

Na máxima do dia, o dólar chegou a R$ 2,380 (alta de 1,06%) e na mínima foi negociado a R$ 2,350 (queda de 0,21%). O Banco Central fez mais um leilão de contratos de swap cambial tradicional, em que vendeu 10 mil contratos totalizando US$ 497,9 milhões.





Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »