Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Consumidor » ANS: Só 11,7% das operadoras de saúde têm desempenho muito bom

Publicação: 02/12/2013 17:49 Atualização:

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou nesta segunda-feira (2) o Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS) 2013, referente ao ano de 2012. Segundo a avaliação, que varia de zero a um, apenas 11,7% — 103 de 878 empresas, com 5,9% dos beneficiários — das operadoras médico-hospitalares do país conseguiram resultado muito bom, entre 0,8 e 1. Dessas, apenas três são de grande porte, com mais de 100 mil beneficiários, e 16 são médias, com ao menos 20 mil.

No ano-base 2011, 17,3% operadoras ficaram nesta faixa de avaliação. Um total de 51,8% das operadoras — 446, sendo 57 grandes e 158 médias, com 68,1% dos beneficiários — ficou na faixa considerada boa, de 0,60 a 079, frente a 44,7% no ano anterior.

Já a avaliação das operadoras exclusivamente odontológicas indicou que 44,4% são consideradas boas (IDSS entre 0,6 e 079), 24,4% são regulares (0,40 a 0,59) e 16,3% são muito boas (0,8 a 1).

O IDSS é um dos componentes do Programa de Qualificação da Saúde Suplementar da ANS e, de acordo com a agência, é uma ferramenta que deve ser utilizada pelo consumidor na hora de contratar um novo plano ou de conferir os serviços de sua operadora.

O índice é formado por 33 indicadores distribuídos em quatro áreas: assistencial (40%), econômico-financeira (20%), estrutura e operação (20%) e satisfação do beneficiário (20%). A que registrou pior resultado foi a satisfação do beneficiário, segundo Andréa Lozer, coordenadora de qualidade e diretora de conhecimento.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »