Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Indústria » Fiepe lança política de desenvolvimento industrial

Rochelli Dantas - Diario de Pernambuco

Publicação: 02/12/2013 15:42 Atualização:

Pernambuco terá uma política de desenvolvimento industrial. O documento será composto por propostas de políticas públicas para solucionar os principais entraves da indústria pernambucana. O relatório será entregue pela Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe) ao governador do estado, Eduardo Campos, e prefeitos de 184 municípios pernambucanos durante uma solenidade que será realizada no próximo dia 5 de dezembro. Todo o estudo foi elaborado com a consultoria da pernambucana Ceplan Consultoria Econômica e de Planejamento.

Além de traçar um mapeamento das atividades industriais do estado, o material enfoca questões como: articulação entre as indústrias existentes no estado e novos empreendimentos, melhoria da infraestrutura, aumento da qualificação da mão de obra e apoio ao empreendedorismo.

“O documento aborda o que as indústrias precisam fazer para que haja uma sintonia no desenvolvimento e interiorização dos projetos. Também apontamos os desafios enfrentados para que a operação industrial siga em crescimento em Pernambuco”, contou o vice-presidente da Fiepe, Ricardo Essinger.

Para elaboração do documento, a Federação vem realizando, desde janeiro, reuniões com empresários do setor de todos as regiões e segmentos industriais. Além disso, foram realizados 11 encontros com lideranças empresariais para debater quais os principais entraves enfrentados e em quais regiões do desenvolvimento. Foram sete reuniões em Recife, três em Caruaru e uma em Petrolina.

“Cada regional tem seus problemas. Colhemos as informações para atender a todos essas questões e buscar soluções para esses casos”, afirmou Essinger. Entre os itens que serão abordados no documento estão: produtividade, mão de obra, energia e logística. “São estratégias que podem e devem ser adotadas para que Pernambuco amplie sua produtividade e aumente a capacidade produtiva”, ressaltou.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »