• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Bancos » Caixa reduz juros da antecipação de restituição do Imposto de Renda

Agência O Globo

Publicação: 19/03/2013 14:26 Atualização:

Os juros para quem antecipar a restituição do Imposto de Renda na Caixa Econômica Federal ficarão mais baixos a partir desta quarta-feira (20). Segundo comunicado do banco, divulgada nesta terça-feira (19), a taxa mínima passou de 1,88% para 1,57%. A linha de crédito, que fica disponível até novembro, é oferecida a clientes que indicaram o banco para receber o imposto pago a mais à Receita Federal.

Para ter acesso ao empréstimo, os interessados devem apresentar documento de identidade, CPF, comprovante de residência e recibo de entrega da declaração. O empréstimo pode variar de R$ 610 a R$ 20 mil. Para clientes que possuem conta salário, o valor máximo é de R$ 30 mil.

Outros bancos também já anunciaram o crédito de antecipação de restituição. No Banco do Brasil, é possível antecipar até 100% da restituição, limitado ao valor máximo de R$ 20 mil. A taxa de juros é a partir de 2,13% ao mês. O BB informou que houve redução de até 19% na taxa de juro cobrada no ano passado para clientes que quitaram a taxa em dia. O pagamento, em parcela única, é debitado em conta corrente na data do crédito da restituição pela Receita Federal, ou no último dia útil de fevereiro de 2014, ou o que ocorrer primeiro.

O Itaú também já está oferecendo as linhas de restituição do IR. O juro começa em 1,9% ao mês, uma taxa menor do que no apassado, quando o juro começava em 2,6%. As linhas Credipré IR e Credi Antecipação IR (no Itaú Personnalité) podem ser contratadas até 31 de outubro. O crédito é pré-aprovado e pode ser obtido nos caixas eletrônicos, pela internet, no site do banco, ou nas agências. O limite mínimo para contratação é de R$ 500,00. O pagamento é feito em parcela única na data do recebimento da restituição ou em 16 de dezembro, o que ocorrer primeiro.

No Santander, a linha fica disponível até 31 de outubro. O valor mínimo para antecipação é de R$ 100 e o máximo é 100% do valor da restituição. Para ter acesso a este crédito, o cliente precisa indicar a conta do Santander para receber a restituição. Segundo o Santander, os juros são debitados mensalmente e a liquidação do principal ocorre no momento do pagamento da restituição do IR. Os juros iniciais no Santander caíram de 2,99% para 1,59%, dependendo do relacionamento do cliente com o banco.

No Bradesco, clientes que recebem salário por crédito em conta podem antecipar até 100% do valor da sua restituição. Os demais clientes têm direito a até 80% do valor. O empréstimo será quitado em parcela única, de acordo com a data do crédito da restituição do IR. O prazo limite de vencimento é dezembro de 2013 e o empréstimo está limitado ao valor máximo de R$ 20 mil. O juro começa a partir de 1,89%, menor do que no ano passado, segundo o banco. Para ter acesso a essa linha de crédito, o cliente deve apresentar cópia do protocolo ou recibo de entrega da declaração do IR. Caso não seja correntista, é necessário abertura de conta corrente para indicar o Banco e ter acesso à linha.

O consultor financeiro Miguel Ribeiro de Oliveira avalia que em apenas duas situações é recomendável fazer esse tipo de empréstimo. Na primeira, quando o contribuinte está endividado no cartão de crédito ou cheque especial, onde as taxas de juros cobradas, na média, ficam entre 9% e 10% ao mês. A outra situação, diz o consultor, é se a pessoa está sem dinheiro e terá algum tipo de prejuízo pessoal com isso.

“São situações, por exemplo, em que a pessoa não pagou a conta de luz e está na iminência de ter a energia cortada ou não tem dinheiro para a matrícula do filho, que corre o risco de perder a vaga na escola.”

Oliveira lembra que a restituição do IR é corrigida pela taxa Selic. Se o contribuinte que tem direito a R$ 1.000,00 recebê-la apenas no mês de dezembro, terá em mãos R$ R$ 1.053,43.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.