Especial Crianças à frente de canais no YouTube fazem sucesso na web Pequenos dão dicas e arrancam risadas dos internautas mas devem tomar cuidado com a exposição

Por: Katarina Bandeira

Publicado em: 04/12/2015 18:37 Atualizado em: 04/12/2015 20:04

Bel (esq.), Isaac do vine e Julia Silva são algumas das crianças que fazem verdadeiro sucesso no YouTube. Fotos: YouTube/Reproducao da Internet
Bel (esq.), Isaac do vine e Julia Silva são algumas das crianças que fazem verdadeiro sucesso no YouTube. Fotos: YouTube/Reproducao da Internet

Em uma época onde está cada vez mais comum interagir por meio das redes sociais, crianças do mundo todo - inclusive do Brasil – vêm se destacando ao mostrarem que, apesar do tamanho, têm muito o que dizer sobre diversos assuntos. Claro que com uma ajudinha do YouTube, site de vídeos que agrega cada vez mais conteúdo dos pequenos, que falam como gente grande.

Imagine contar suas viagens, brincadeiras e até dar dicas de jogos e maquiagem para gente da sua idade. Esse é o foco do canal de Julia Silva, de 10 anos. Ela é de Minas Gerais e uma das mais populares “youtubers mirins” do país com vídeos que somam mais de 200 milhões de visualizações. O que começou como uma forma de manter contato com o pai – que havia se mudado para a França a trabalho - virou uma febre entre os brasileirinhos. A frase “oi, pessoal”, que inicia todos os vídeos, já virou uma marca registrada.

Outra menina que faz um verdadeiro sucesso é Isabel Cerrer, do canal Bel para meninas. A carioca de 8 anos tem um conteúdo dinâmico e divertido e por muitas vezes faz vídeos com a participação da mãe, Francinete. São desafios, dicas de maquiagem e outros aleatórios como “Alguém já te fez perguntas idiotas?” ou "Tipos de irmãs" – este último com mais de 600 mil visualizações.

E o hobby não é só coisa de menina. Isaac Guedes, 6 anos, virou uma febre desde que começou a postar vídeos no canal Isaac do Vine. Com paródias, piadas e desafios, o baianinho já chegou a gravar com um dos mais famosos youtubers do Brasil: Felipe Neto – do Não faz sentido.

+Atenção
Mas cuidado na hora de postar algo na internet, já que lá todo mundo tem acesso a tudo. É preciso mostrar o conteúdo aos pais antes de dar o upload. “O excesso é sempre prejudicial. Às vezes a criança pode exagerar na exposição para ganhar mais ‘curtidas’ ou acessos. É um pouco de mundo da ilusão. Os pais devem administrar e tomar cuidado para que os filhos não esqueçam do mundo real para ficar o tempo todos no virtual, querendo postar vídeos”, explica a psicóloga Andréa Asfora. Em resumo, pode brincar na internet, mas sem deixar de ter contato com os amigos de verdade, ok?

Evan, do EvanTubeHD em mais de 2,2 milhões de inscritos e 1,5 bilhão de visualizações em seu canal
Evan, do EvanTubeHD em mais de 2,2 milhões de inscritos e 1,5 bilhão de visualizações em seu canal

+ VIEWS

O mais famoso no mundo todo o youtubers mirins é o norte-americano Evan, de nove anos, do canal EvanTubeHD. Ele testa brinquedos de diversas marcas, além de desafios com sua irmã. Ele tem mais de 2,2 milhões de inscritos e 1,5 bilhão de visualizações.


A mais famosa do Brasil é Bel para meninas, que tem 903 mil seguidores e quase 350 milhões de visualizações.


Julia Silva – 691 mil inscritos e 233 milhões de visualizações


Isaac do Vine - 255 mil inscritos e 10 milhões de visualizações

+Como fazer
Para postar um vídeo no YouTube, é preciso ter um e-mail no Gmail para criar uma conta no YouTube. Também tem um aplicativo para smartphones, que deixa tudo ainda mais fácil. Basta gravar no celular e postar (antes, mostre para os seus pais, ok?). Para criar um canal, tem vários tutoriais (no próprio YouTube) que ensinam direitinho.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.