• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
CURIOSIDADE A invenção do cachorro-quente

Publicado em: 09/09/2013 09:29 Atualizado em:

Não se sabe ao certo quem teria inventado essa comida tão popular, mas credita-se a invenção do cachorro-quente a um alemão chamado Charles Feltman.

Por volta de 1870, Feltman já morava nos Estados Unidos. Ele teve a ideia de servir pão com salsicha junto com molhos de vários tipos e vender na rua. A receita, que havia sido trazida da Alemanha, deu tão certo, que ele abriu o restaurante o Feltman´s German Beer Gardens.

Os americanos chamavam as salsichas de "dachshund”, nome de uma raça de cachorro originária da Alemanha. O cães "dachshund” possuem o corpo comprido e as pernas curtas, o que lembrava o formato das salsichas vendidas por Feltman.

Já o modelo de cachorro-quente que conhecemos hoje, servido junto com o pão, foi uma criação do comerciante Anton Feuchtwanger. Em 1904, Feuchtwanger vendia salsichas com molhos servidas em luvas brancas, para que os clientes pudessem comer sem se sujar. Mas notou que a maioria das luvas não eram devolvidas, e o seu estoque começou a diminuir.

O cunhado de Feuchtwanger, que era padeiro, sugeriu que ele vendesse as salsichas servidas em um pão, criando o que hoje conhemos como o tradicional cachorro-quente.

 

Fonte: http://www.hot-dog.org



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.