• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Diario político Poder e poder

Publicado em: 08/11/2016 09:00 Atualizado em: 08/11/2016 16:19

por Marisa Gibson
marisa.gibson@diariodepernambuco.com.br


Há 10 anos consecutivos na presidência da Assembleia Legislativa, o deputado Guilherme Uchoa (PDT), que já provocou muita polêmica pelo seu apetite pelo poder, prepara-se para garantir o sexto mandato. Convocou para o próximo dia 16 reunião da Mesa Diretora sem pauta definida e muitos deputados acreditam  que o tema “secreto” seja a sua recondução ao cargo. Como a eleição foi antecipada para 20 de dezembro, está todo mundo de orelhas em pé a começar pelo deputado Romário Dias (PSD), que também é candidato a presidente. Houve um momento em que se especulou que Romário aceitaria fazer uma dobradinha com Uchoa e, no caso, ficaria com a 1ª secretaria. A movimentação de Romário, no entanto, indica o contrário: ele está disposto a bater chapa contra Uchoa. Para ganhar a eleição de presidente da Assembleia basta a maioria simples, 25 votos. No total são 49 deputados estaduais. Integrantes da base governista e da oposição têm procurado Romário, porque se Uchoa for reeleito serão 12 anos no comando da Casa e já há uma fadiga de material. A alternância de poder é saudável e sempre defendida pelos políticos, o difícil é largar o osso. O presidente da Assembleia é o segundo na linha sucessória do estado. 

Sem resposta
O governo Paulo Câmara (PSB) não vai alimentar um debate político com Luciano Vasquez, que foi exonerado da diretoria de Relações Institucionais de Suape. No Palácio das Princesas a leitura é clara: “Quem não estiver no projeto de Paulo 2018, pode tirar o boné”.

A corda esticou
Outro ponto relatado por quem é próximo do poder estadual é que o problema não foi Luciano apoiar a candidatura de Raquel Lyra, em Caruaru, isso era previsível: “O problema foi ele querer assumir uma postura pública de confronto contra a direção estadual do PSB”. Ele não tinha estofo para isso”.

Desconfiado
Prefeito eleito de Jaboatão, Anderson Ferreira (PR) pediu apoio ao Tribunal de Contas do Estado para a transição. Anderson espera um processo tranquilo, mas admite que é preciso checar as informações sobre a saúde financeira do município.

Intervenção
Em 2008, após vencer a eleição em Jaboatão, Elias Gomes (PSDB) também pediu socorro ao TCE, que terminou solicitando ao Tribunal de Justiça uma intervenção no munícipio, a três meses do fim do mandato do então prefeito Newton Carneiro.

Homenagem
Jarbas Vasconcelos (PMDB) participa da sessão solene em homenagem ao ex-deputado Osvaldo Coelho, na Câmara Federal, nesta quinta-feira. Em seu discurso, Jarbas vai relembrar a trajetória de um dos parlamentares que mais atuou em favor do semiárido nordestino.

Propaganda
O senador Armando Monteiro (PTB) culpou “o descaso e a falta de priorização” do Governo Paulo Câmara (PSB) pelos “sinais de esgotamento” do Pacto pela Vida. Em discurso no plenário, disse que o programa “sobrevive só na propaganda do governo”.

Endereço
O pronunciamento de Armando foi a propósito da divulgação do 10º Anuário Brasileiro de Segurança Pública e do encontro, há dez dias, entre os três Poderes para discutir um Plano Nacional de Segurança Pública. Mas está endereçado à sucessão de 2018.

É deboche
Com a crise engolindo o emprego de milhões de brasileiros, o Governo Temer desembolsa mais de meio milhão de reais num show em homenagem ao centenário do samba. No Palácio do Planalto.

EUA e Inglaterra
Julio Lóssio (PMDB), prefeito de Petrolina, vai fazer dois cursos nos EUA s e na Inglaterra, onde passará seis meses. Os temas dizem respeito à assistência infantil e seus efeitos nos índices de criminalidade.

Visibilidade
Lóssio, uma das promessas da safra de prefeitos de 2008, é médico e ganhou visibilidade com o programa de creches que desenvolveu em Petrolina e que atraiu a visita de especialistas e de candidatos a prefeitos nesta eleição municipal. Lóssio viaja logo após passar o cargo ao sucessor, Miguel Coelho (PSB).

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.