Alimentação Dieta rica em amêndoas, avelãs e nozes pode melhorar a qualidade do esperma O aumento da capacidade de locomoção e da vitalidade dos gametas está entre os benefícios constatados

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 10/07/2018 22:35 Atualizado em:

(foto: Arman Assan/Flickr/Divulgação)
(foto: Arman Assan/Flickr/Divulgação)
Devido à grande quantidade de nutrientes, as nozes são repletas de benefícios ao corpo humano. Investigadores espanhóis acabam de constatar mais um: elas podem ajudar na fertilidade masculina. Em análise com 119 voluntários, os cientistas observaram que uma dieta rica nesse tipo de alimento melhora a qualidade do esperma. Para eles, os resultados — apresentados na reunião da Sociedade Europeia de Reprodução e Embriologia, realizada na semana passada, em Barcelona — poderão ajudar em tratamentos de homens que sofrem com problemas de infertilidade.

Os participantes do estudo tinham entre 18 e 35 anos e foram orientados a seguir a dieta usual, no estilo ocidental. Parte do grupo, porém, recebeu suplementos diários com 60 gramas de amêndoas, avelãs e nozes. Durante 14 semanas, amostras de sangue e esperma foram coletadas de todos os voluntários e analisadas pelos cientistas. Os resultados mostraram níveis significativamente mais altos de contagem de espermatozoides (16%), vitalidade (4%), capacidade de locomoção (6%) e morfologia (1%) nos gametas dos homens que receberam o suplemento com nozes.

Segundo os cientistas, os quatro parâmetros estão associados à fertilidade. Além disso, os indivíduos do grupo que ingeriu nozes mostraram redução significativa nos níveis de fragmentação do DNA espermático, um parâmetro intimamente associado à infertilidade masculina. Embora os resultados da intervenção nutricional tenham sido positivos, os autores enfatizam que todos os indivíduos analisados eram saudáveis e aparentemente férteis. Por isso, os dados não podem ser considerados para a população em geral.

“Então, os homens que desejam uma gravidez — naturalmente ou com fertilização in vitro — deveriam acrescentar nozes à dieta diária? Infelizmente, ainda não podemos dizer isso com base nos resultados desse estudo”, ressalta, em comunicado, Albert Salas-Huetos, pesquisador da Unidade de Nutrição Humana da Universidade Rovira i Virgil em Reus, na Espanha, e principal autor da pesquisa.

Apesar da ponderação, a equipe ressalta que o estudo constata a importância de ter uma alimentação equilibrada para a reprodução. “Temos evidências se acumulando na literatura que mostram que mudanças no estilo de vida saudável, como seguir um padrão alimentar mais rico, podem ajudar na concepção. As nozes são um componente-chave da dieta mediterrânea, que é extremamente saudável”, detalha Salas-Huetos.

Preocupação geral

Segundo os cientistas, os resultados entram em sintonia com outras pesquisas recentes que mostram como dietas ricas em ômega-3, antioxidantes (por exemplo, vitamina C e E, selênio e zinco) e folato contribuem para a melhora do esperma — as nozes contêm muitos desses nutrientes.

Para Guilherme Wood, urologista e especialista em reprodução humana da clínica Huntington Medicina Reprodutiva, em São Paulo, o estudo americano traz dados interessantes e resultados positivos. “É um estudo bem conduzido, que analisou e comparou os resultados com qualidade de análise”, avalia. “Mostra dados que até frisamos para os pacientes: que uma dieta rica em alimentos saudáveis é extremamente positiva. Nesse caso, vemos que ela também é favorável na produção de espermatozoides.”

O médico destaca ainda que o trabalho surge em um momento em que as preocupações relacionadas à fertilidade têm aumentado. Há um declínio geral na quantidade e na qualidade do esperma humano. “É um tema bastante controverso. Pesquisas mostram que a qualidade do esperma caiu 50% nos últimos 50 anos, o que pode ser um problema relacionado à poluição, aos hábitos sedentários e a doenças que surgem com eles, e também à dieta ocidental. Muitos cientistas têm tentado provar essas relações”, detalha.

Para Wood, um próximo passo importante na pesquisa espanhola seria analisar a influência da ingestão de nozes em um contexto mais amplo. “Acredito que, além da qualidade do esperma, seria bom observar se esse tipo de dieta pode contribuir na facilidade de engravidar”, opina.

Multiúso

Ricas em ômega 3 e 6, vitaminas E e C, potássio e aminoácido arginina, as nozes são indicadas para a prevenção do câncer de mama e de próstata, de problemas vasculares — ajudam na regulação do colesterol do mal — e também contribui para o aumento da longevidade. Mesmo com uma quantidade alta de calorias, podem ajudar no emagrecimento, já que a ingestão provoca a sensação de saciedade. A integração desse alimento em uma dieta equilibrada também ajuda no ganho de massa muscular.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.