• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Excesso Trabalhar por mais de 55 horas semanais traz riscos à saúde Pofissionais que trabalham tais horas mantém 33% a mais de chance de sofrer um derrame cerebral e 13% mais chances de ter doenças cardíacas.

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 15/01/2018 16:30 Atualizado em:

Foto: Pixabay (Foto: Pixabay)
Foto: Pixabay


Você sabia que trabalhar por mais de 55 horas semanais faz mal para a saúde? Uma pesquisa realizada em diversos países europeus, nos Estados Unidos e na Austrália indica que aqueles profissionais que trabalham tais horas mantém 33% a mais de chance de sofrer um derrame cerebral e 13% mais chances de ter doenças cardíacas. A pesquisa foi baseada na análise de 25 estudos diversos, reproduzido com mais de 600 mil pessoas.

Segundo um relatório periódico da Organização Internacional Sleep Research Society, a pessoa que trabalha menos de 40 horas por semana tem um sono melhor, além de evitarem a ansiedade, a obesidade, a depressão e previnirem a insônia. 

A surpresa, no entanto, não é apenas por esses benefíos de saúde. Foi analisado que trabalhar menos também incentiva para que os profissionais se tornam mais produtivos. Por este motivo, algumas empresas já vêm cogitando instituir um período reservado para o cochilo entre os turnos do trabalho. 

Em uma recente pesquisa divulgada pela rede britânica BBC, foi comprovado que a "soneca" traz muitos benefícios, entre eles a melhora na produção do trabalho. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.