• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Saúde Pessoas casadas são menos estressadas e mais saudáveis, aponta estudo Os participantes casados apresentaram níveis menores de cortisol, conhecido como o hormônio do estresse

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 14/02/2017 10:44 Atualizado em:

Arte: Lucas Pacífico/CB/D.A Press
Arte: Lucas Pacífico/CB/D.A Press
Pesquisas já tinham sugerido anteriormente que pessoas casadas são mais saudáveis do que solteiros, divorciados e viúvos. Um novo estudo da Universidade Carnegie Mellon, na Pensilvânia, Estados Unidos, revela que os níveis de cortisol, hormônio liberado em situações de estresse, são menores entre casais.

Os cientistas coletaram saliva de 572 adultos saudáveis, com idades entre 21 e 55 anos, por três dias não consecutivos. Várias amostras foram coletadas durante um período de 24 horas e testadas.

Os resultados, publicados na revista científica Psychoneuroendocrinology, mostram que os participantes casados tinham níveis menores de cortisol do que os que nunca tinham trocado alianças, ou dos que estavam divorciados ou viúvos. Normalmente, as pessoas apresentam um pico do hormônio pela manhã, que sofre uma diminuição ao longo do dia. Os pesquisadores explicam que, entre os casados, essa diminuição é mais rápida, um perfil que é associado a menos doenças cardíacas, e um maior período de sobrevivência entre pacientes com câncer.

"Esses dados nos fornecem uma nova visão de como as relações sociais podem influenciar a nossa saúde", diz o diretor do laboratório e co-autor do estudo, professor da universidade de psicologia Robert E. Doherty.

Altos níveis de cortisol podem interferir na capacidade do corpo de lutar contra inflamações, o que pode contribuir para o desenvolvimento e a progressão de várias doenças, explicam os pesquisadores envolvidos no projeto.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.