Mina do Feijão Autoridades fazem novo alerta contra golpes envolvendo a tragédia de Brumadinho

Por: Juliana Cipriani -

Por: Estado de Minas

Publicado em: 04/02/2019 15:40 Atualizado em:

Alerta foi feito pelo major Flávio Santiago, porta-voz da Polícia Militar (PM). Foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press
Alerta foi feito pelo major Flávio Santiago, porta-voz da Polícia Militar (PM). Foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press
A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) e a Vale fizeram novo alerta nesta segunda-feira (4) contra as tentativas de golpe que estão sendo aplicadas sobre as vítimas do rompimento da barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Por causa dos casos em que parentes de desaparecidos estão sendo abordados por estelionatários, a companhia colocou um banner na Estação do Conhecimento, onde as pessoas fazem o cadastro para receber os R mil oferecidos como compensação dizendo que não pede nenhum dado bancário.

A PM informou que o serviço de inteligência está trabalhando nisso e as situações de golpistas estão virando inquéritos. "Não confiem nas pessoas que se apresentam como autoridade ou voluntário. Busquem sempre a forma oficial a Defesa Civil, para evitar que os estelionatários se aproveitem deste momento", disse o major Flávio Santiago, porta-voz da PM.

A PM também informou que mais uma pessoa foi presa nesta segunda-feira por acessar ilegalmente, com um drone, a área das buscas em Brumadinho. Segundo o major Flávio Santiago, o espaço aéreo está sendo controlado pela Força Aérea Brasileira (FAB) e o uso das aeronaves não tripuladas está proibido. Duas pessoas já foram presas tentando captar imagens desta forma.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.