Abadiânia Justiça determina bloqueio de R$ 50 milhões das contas de João de Deus O médium está preso em caráter preventivo desde o último domingo (16/12), quando se entregou às autoridades policiais

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 28/12/2018 10:54 Atualizado em:

foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
 
 
A pedido do Ministério Público de Goiás (MP-GO), o Tribunal de Justiça estadual (TJ-GO) determinou o bloqueio de R$ 50 milhões de contas pessoais do médium goiano João Teixeira de Faria, o João de Deus.
 
Segundo o MP-GO, o pedido foi atendido na noite desta quinta-feira (27/12). A defesa do médium disse não ter conhecimento da decisão.

No pedido apresentado à Justiça, os promotores goianos pedem que R$ 20 milhões sejam destinados a reparar as eventuais vítimas de João de Deus, que é acusado de abusar sexualmente de mulheres que frequentavam o centro espírita Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia (GO). Os R$ 30 milhões restantes serão reservados a indenizar danos morais coletivos.

Só em uma mala encontrada num dos endereços de João de Deus, a polícia apreendeu R$ 1,2 milhão. No mesmo local, haviam ainda US$ 908 e 770 euros, além de pedras preciosas. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.