distrito federal Bombeiros continuam buscas por subtenente da PM no Lago Paranoá O resgate de André Luís Cabral, de 42 anos, já dura mais de 36 horas. Três viaturas e doze militares estão envolvidos nos trabalhos

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 18/12/2018 10:27 Atualizado em:

O subtenente da PM desapareceu no lago no último domingo. Foto: Divulgação/CBMDF
O subtenente da PM desapareceu no lago no último domingo. Foto: Divulgação/CBMDF
O Corpo de Bombeiros retomou na manhã desta terça-feira (18/12) as buscas pelo subtenente da Polícia Militar dos Distrito Federal (PMDF) André Luís Cabral, de 42 anos, que desapareceu por volta das 19h20 do último domingo após descer de uma embarcação para mergulhar no Lago Paranoá. 
 
De acordo com a corporação, doze militares e três viaturas estão envolvidas no socorro e a previsão é de que os trabalhos continuem durante todo o dia, caso o homem não seja encontrado antes. O epicentro do resgate está sendo a região próxima ao Centro Olímpico da Universidade de Brasília (UnB), onde o militar foi visto pela última vez.

O início dos trabalhos foi às 21h de domingo, mas, devido à falta de condições de segurança e luminosidade no lago, o resgate foi encerrado e retomado durante toda a segunda-feira, quando os militares também não obtiveram sucesso. Com isso, as buscas pelo subtenente já duram mais de 36 horas.
 
De acordo com a corporação, André estava com mais cinco pessoas quando decidiu entrar no Lago Paranoá para nadar. Como não retornou, dois amigos foram procurá-lo, mas não encontraram o homem. Os militares conseguiram resgatar as duas pessoas. Elas foram atendidas e passam bem.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.