liberdade Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio Ela estava presa há um mês, acusada de realizar um procedimento estético em microempresária que faleceu em outubro, dias após a aplicação de metacril e silicone industrial nos glúteos

Por: Agência Brasil

Publicado em: 16/11/2018 11:40 Atualizado em:

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
A massoterapeuta Danielle Cândido Cardoso, conhecida como “Dani Bumbum”, deixou a prisão na noite de ontem (15). Ela estava presa há um mês, acusada de realizar um procedimento estético na microempresária Fernanda de Assis, morta em outubro, dias após a aplicação de metacril e silicone industrial nos glúteos.

Danielle Cardoso foi presa no dia 16 de outubro, após ter se entregado à polícia e assumido a responsabilidade pelo procedimento. Dez dias depois, a defesa da massoterapeuta chegou a pedir a revogação da prisão, mas o pedido foi negado pelo juiz da 1ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. 

Caso
Fernanda passou mal um dia após realizar preenchimento nas nádegas. Ela chegou a ser internada no Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, zona oeste do Rio, onde chegou com lesões sérias nas nádegas, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. Depois de nove dias internada, a vítima acabou morrendo em consequência de uma parada cardiorrespiratória.

Além do preenchimento nos glúteos, Fernanda também foi submetida a aplicações nos lábios. Ambos os procedimentos foram feitos na casa da vítima em Ricardo de Albuquerque, zona norte do Rio.  


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.