Perda Primeiro homem trans a ser operado no Brasil, João Nery morre aos 68 anos Internado desde setembro, Nery lutava contra um câncer

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 26/10/2018 21:05 Atualizado em: 26/10/2018 21:35

Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook
O escritor, psicólogo, ativista e primeiro homem tansexual a submeter à cirurgia de redesignação sexual no Brasil, João W. Nery, morreu nesta sexta-feira (26), aos 68 anos. Internado em setembro, Nery lutava contra um câncer de pulmão.

O Instituto Brasileiro De Transmasculinidades afirmou em nota que "mesmo que estejamos tristes, pois sabemos do tamanho do amor que temos por João, sabemos agora que o sofrimento dele se findou. A nós, fica o compromisso e a responsabilidade de não deixarmos que as lembranças se percam e que mantenhamos João vivo em nós e nas nossas histórias".

Recentemente, a autora da novela A Força do Querer, Gloria Perez, consultou Nery para criar o personagem de Carol Duarte, Ivana, uma jovem que se descobriu trans e ao decorrer da novela assumia a identidade sexual como Ivan.

Por ser uma figura conhecida mundialmente, por vezes, ele serviu de fonte para jornalistas e pesquisadores. Reconhecido pela capacidade intelectual, a militância embasada o fez receber o título de doutor honoris causa pela Universidade Federal do Mato Grosso.

Em 21 de outubro, ele publicou em uma rede social que sentia-se sortudo. "Sou um sortudo! Cheguei desenganado na emergência, queriam me entubar, não deixei.15 dias depois, já estou sem a canícula do oxigênio. Agradecido à vcs, pela torcida de fé e carinho. Yeah!!", escreveu no post.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.