Segurança Na Colômbia, Jungmann conhece projetos sociais para combater violência Jungmann conversou com representantes das organizações sociais das Comunas 1 e 2 de Medellín

Por: Agência Brasil

Publicado em: 20/08/2018 20:41 Atualizado em:

Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil
Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil
Após o acirramento da crise com os venezuelanos, o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, foi à Colômbia para conhecer projetos sociais e de reordenamento urbano desenvolvidos no país para enfrentamento da violência. Ele tem visitas marcadas para as cidades de Medellín e Bogotá. Nesta segunda-feira (20), Jungmann conversou com representantes das organizações sociais das Comunas 1 e 2 de Medellín, regiões que historicamente registraram as maiores taxas de homicídio violento na cidade colombiana.

"A experiência de Medellín, que já registrou a maior taxa de homicídios do mundo, é sobretudo uma aposta na prevenção, na mobilidade urbana, na cultura e que reduziu significativamente os índices de violência. Brasil e Colômbia têm um intercâmbio muito rico a fazer, é o que está sendo acertando nessa visita”, afirmou Jungmann.

Acompanhado por  Jorge Melguizo, ex-secretário de Cultura e de Desenvolvimento Social de Medellín, e pelo embaixador brasileiro na Colômbia, Júlio Bitelli, o ministro conheceu o trabalho da Organização Social Nuestra Gente.

Na sede da ONG colombiana, que há mais de 30 anos trabalha com projetos de cultura para transformação social, Jungmann conversou com acadêmicos, artistas, produtores e ativistas envolvidos com projetos sociais nos bairros de Medellín.

 Outra região visitada pelo ministro da Segurança Pública foi à Comuna 13, que também considerada uma das áreas mais violentas em Medellín. O local se transformou em uma espécie de símbolo de transformação com projetos como bibliotecas e colégios públicos. Há ainda escadas rolantes públicas e gratuitas.

Segundo os responsáveis pelo projeto, cerca de 12 mil pessoas desfrutam do local, que facilita a mobilidade e o acesso dos agentes públicos a diferentes pontos do bairro.

Agenda
Nesta terça-feira (21), às 8h30, Jungmann conhecerá as ações de combate ao crime e tráfico de drogas em conversa com o comandante da Polícia Metropolitana de Medellín, Oscar Antonio Gómez Heredia. Às 11h, o ministro se reunirá com o prefeito de Medellín, Federico Andrés, e com o secretário de Segurança, Andrés Felipe Tobón.

Em seguida, Jungmann embarca para Bogotá onde, às 17h, terá reuniões na Ameripol, Comunidade de Polícias das Américas.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.